Foto: DR

Composta por cerca de 15 aguarelas, esta exposição surge no âmbito da colaboração com a Comissão das Atividades Sociais do CHMT e da Liga de Amigos do Hospital de Tomar, para quem reverte 70% da receita das vendas efetuadas durante a exposição.

As obras têm a cidade de Tomar e as suas paisagens como tema, bem como a Festa dos Tabuleiros, estando dividida em três secções: Festa dos Tabuleiros, Jardim-Rio-Roda e Templários.

Aura Maria de Morais Vaz Abreu nasceu no ano de 1988, tendo deste tenra idade vivido e estudado em Tomar, “sentindo-se fascinada pelo encanto da cidade templária”, revela-se em comunicado de imprensa. A artista é formada em Ciências Farmacêuticas, exercendo a profissão de farmacêutica, e dedica grande parte do seu tempo livre a ler, desenhar e pintar.

“Nas suas obras mais recentes, nota-se a premência de revelar a deslumbrante beleza da cidade da sua infância, com um olhar, uma cintilação e um traço próprios, onde ecoam a sua admiração pelos monumentos, paisagens e gentes de Tomar”, lê-se ainda na informação.

A exposição fica patente até ao dia 16 de janeiro, podendo ser visitada no átrio principal da Unidade de Tomar.

Rafael Ascensão

Licenciado em Ciências da Comunicação e mestre em Jornalismo. Natural de Praia do Ribatejo, Vila Nova da Barquinha, mas com raízes e ligações beirãs, adora a escrita e o jornalismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *