Obras na zona envolvente do mercado da Chamusca. Foto: mediotejo.net

Os operadores das lojas e bancas do Mercado Municipal da Chamusca vão estar isentos do pagamento de taxas até ao fim das obras de requalificação que decorrem na zona envolvente. A proposta partiu do presidente da Câmara e foi aprovada por unanimidade na reunião do dia 2 de agosto.

Segundo Paulo Queimado, a ideia surgiu na sequência de conversações com os lojistas que se queixaram dos constrangimentos no acesso às portas, a poeira levantada pelas obras e a interdição do trânsito, situações que têm reflexo no negócio dos operadores do mercado.

A isenção mantém-se enquanto durarem as obras, sendo que esta deliberação carece ainda de aprovação na Assembleia Municipal.

Nas imediações do mercado decorrem nesta altura as obras de Requalificação Urbana previstas no Plano de Ação de Regeneração Urbana da Chamusca (PARU) a executar pela empresa DESARFATE – Desaterros de Fátima, Lda. implicando um investimento de 485.500 euros + IVA.

José Gaio

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.