Rui Miguel Martinho, presidente da Junta de Freguesia da Chamusca e Pinheiro Grande. Foto: mediotejo.net

Pela primeira vez, a União das Freguesias de Chamusca e Pinheiro Grande avança com um orçamento participativo para um projeto a selecionar até ao montante de 5 mil euros.

Até 1 de abril qualquer cidadão ou entidade da freguesia pode apresentar uma proposta para áreas como o Ambiente, Educação, Cultura, Desporto, Bem-estar animal, Equipamento urbano, Tempos livres ou Ação Social.

Depois desta fase de apresentação de propostas, estas serão analisadas tecnicamente para se avaliar da sua possibilidade de concretização, seguindo-se a votação e execução do projeto ganhador.

Com o orçamento participativo a União das Freguesias de Chamusca e Pinheiro Grande pretende “promover uma democracia participativa, nomeadamente no que concerne às políticas públicas de âmbito local e gestão dos seus recursos”. Segundo o respetivo regulamento, que pode ser consultado no site da autarquia, o Orçamento Participativo permite “uma aproximação da comunidade aos órgãos autárquicos, envolvendo a população na avaliação e identificação das necessidades e priorização do investimento, dotando-a do poder de decisão relativamente a algumas atividades que devem ser integradas no Plano de Atividades da Junta de Freguesia da UFCPG, de acordo com o orçamento definido”.

José Gaio

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.