1.º lugar (2.º Escalão) - Francisco Jesus - “Sozinhos no meio da tempestade, Ele veio para nos salvar”

Já são conhecidos os oito participantes vencedores do concelho da Chamusca, no âmbito da 1ª edição da Maratona Fotográfica “Vamos fotografar o nosso património religioso”, projeto artístico e cultural lançado em dezembro do ano passado, pela Rede de Bibliotecas Escolares (RBE) e Rede Intermunicipal de Bibliotecas da Lezíria do Tejo (RIBLT), aos quais se juntaram os concelhos de Entroncamento e Torres Novas e o Centro de Informação Europe Direct Oeste e Lezíria do Tejo.

Os principais objetivos eram “valorizar e promover o património religioso da região, assim como fomentar, reconhecer e premiar a criatividade fotográfica dos participantes”, explica o Município da Chamusca em nota de imprensa.

O concurso dirigiu-se à comunidade escolar e adultos em geral, tendo sido dividido em três escalões dos quais, o primeiro escalão corresponde aos alunos de 1.º e 2.º ciclo do Ensino Básico, o segundo escalão aos alunos de 3.º ciclo do Ensino Básico e alunos do Ensino Secundário, e o terceiro e último escalão os alunos do Ensino Superior e adultos em geral.

Numa autêntica maratona, os participantes que aceitaram o desafio, durante 24 horas tiveram a possibilidade de fotografar o património religioso local de 13 municípios do distrito de Santarém, nomeadamente Almeirim, Alpiarça, Azambuja, Benavente, Cartaxo, Chamusca, Coruche, Golegã, Rio Maior, Salvaterra de Magos, Santarém, Entroncamento e também Torres Novas.

De acordo com o Presidente da Câmara Municipal da Chamusca, Paulo Queimado “trabalhar a inclusão foi o principal objetivo desta iniciativa, potenciando o direito de aprendizagem igualitária através da partilha de diferentes saberes e culturas, ao mesmo tempo que se impulsiona a valorização do património local religioso, tão rico e com tanta história para nos contar. Muitos parabéns aos vencedores e um obrigado a todos os que participaram nesta iniciativa”.

Devido à atual situação Covid-19, a inauguração da exposição fotográfica, que terá os trabalhos vencedores expostos, foi adiada. A nova data será comunicada posteriormente, bem como o anúncio da fase de concurso intermunicipal, na qual os participantes se habilitam aos Grandes Prémios Finais, gentilmente oferecidos pela FujiFilm.

Os vencedores são:

Primeiro escalão:

1.º lugar – Miguel Carrinho: “Aguenta, está pesada a cruz”
2.º lugar – José Carrinho: “Sono profundo”

Segundo escalão:
1.º lugar – Francisco Jesus: “Sozinhos no meio da tempestade, Ele veio para nos salvar”
2.º lugar – João Coelho: “O brotar da religião”
3.º lugar – João Pedro Imaginário: “Cruz de Jesus Cristo na Igreja Matriz da Chamusca”

Terceiro escalão:
1.º lugar – Elizete Carrinho: “Senhora do Ó, de nós tem dó!”
2.º lugar – Rosário Sousa: “Anjo Negro”
3.º lugar – Luís Carlos Silva: “Muda-se o tempo, mudam-se as vontades”

José Gaio

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.