Presidente da Câmara Municipal da Chamusca. Paulo Queimado. Foto: DR

Chamusca é um dos 121 concelhos do país onde, a partir do dia 4 de novembro, são aplicadas as medidas excecionais de combate à Covid-19 que se prolongam para as próximas duas semanas. O concelho está no lote dos que apresentam maior risco porque, tendo 25 casos ativos, tem mais de 240 por cada 100 mil habitantes.

Após a divulgação da lista dos 121 concelhos e das medidas de confinamento, o Presidente da Câmara Municipal, Paulo Queimado, anunciou que no início desta semana vai reunir o Grupo Operacional da Comissão Municipal de Proteção Civil para a COVID-19, “onde serão analisadas as medidas especificas para o concelho da Chamusca e que serão comunicadas nos meios habituais do município”.

“Mais uma vez, peço que sejam prudentes e responsáveis por cada um e pelas vossas famílias. Temos de adotar todas as medidas possíveis para combater esta pandemia, que nos apanha, muitas vezes, sem sabermos muito bem como”, apelou o autarca.

José Gaio

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.