Todas as campas ficaram iluminadas durante a noite de finados. Foto: JF Ulme

Na freguesia de Ulme, concelho da Chamusca, é tradição as procissões de finados em que as pessoas se deslocam à noite aos cemitérios para homenagear os seus entes queridos já falecidos. Este ano, com as atuais restrições devido ao momento pandémico que atravessamos, não foi possível a realização dessas procissões.

Para colmatar esta situação, a Junta de Freguesia de Ulme teve a iniciativa de colocar, na noite de 31 de outubro para 1 de novembro, uma vela em cada campa dos Cemitérios da Freguesia.

Em comunicado, o Presidente da Junta, Mário Ferreira, explica que o objetivo foi “tentar minimizar a dor de todos os que têm entes queridos nos Cemitérios da freguesia. Um gesto simbólico, para tentar minimizar a ausência”.

José Gaio

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.