Foto ilustrativa/arquivo: INEM

Um homem de 52 anos morreu carbonizado no anexo em que vivia no Bairro, zona alta da Chamusca. O alerta chegou ao Comando Distrital de Operações e Socorro de Santarém às 18.56 horas desta quinta feira, dia 30, e para o local foram enviados seis viaturas e 15 operacionais dos bombeiros, assim como uma equipa do núcleo de investigação da GNR.

A vítima residia no referido anexo, situado nas traseiras da habitação que, antes do divórcio, partilhava com a mulher.

Segundo apurámos, o homem estava desempregado, tinha alguns problemas pessoais e familiares e recebia apoio social da Junta de Freguesia.

José Gaio

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.