Governo vai investir vinte milhões para abrir cinco mil vagas em creches este ano letivo. Foto: DR

“Garantir o acompanhamento de crianças e alunos nos períodos diários pós-letivos, contribuindo para a promoção do seu desenvolvimento integral” é o objetivo do programa de apoio à família que a Câmara da Sertã pretende implementar no próximo ano letivo de 2022/2023.

Com esta iniciativa, todas as escolas do primeiro ciclo e jardins-de-infância públicos do concelho da Sertã passam a abrir às 7h30 e a encerrar às 19h30, sendo que, entre as 17h30 e as 19h30, o município assegura o acompanhamento das crianças por técnicos de educação, através do projeto “Tempo de Acolher”. Até agora este serviço estava disponível apenas para um pequeno número de crianças do concelho.

Para o presidente da Câmara Municipal, Carlos Miranda, esta medida, que generaliza o serviço a toda população das escolas do primeiro ciclo e jardins-de-infância, “constitui uma medida essencial de apoio às famílias e à natalidade no concelho”.

“Muitos pais, em função da sua vida profissional, tinham grandes dificuldades em ficar com as suas crianças no final do horário letivo e a Câmara Municipal pretende resolver este problema de uma forma justa e equilibrada, proporcionando um acompanhamento profissional aos alunos até às 19h30.”

Os interessados em inscrever-se neste prolongamento de horário, entre as 17h30 e as 19h30, deverão realizar a inscrição até ao dia 19 de agosto, preenchendo o requerimento e entregando presencialmente no Balcão de Atendimento Único da Câmara Municipal ou enviando para o e-mail geral@cm-serta.pt .

José Gaio

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.