As pragas agrícolas podem descontrolar-se com a vespa asiática, referem ambientalistas Foto: DR

O concelho de Ferreira do Zêzere apresentou no mês de agosto um aumento de 6% de ninhos de vespa asiática, relativamente ao ano de 2021, um aumento de 60% relativamente a igual período em 2020 e de 115% relativamente ao ano de 2019. 

Os números foram fornecidos pela própria autarquia, que aproveita para alertar: “Esta espécie invasora destrói abelhas, compromete o ecossistema e pode representar perigo para pessoas e animais”. As intervenções contra a vespa asiática ou velutina são efetuadas à ordem do município, após validação dos ninhos referenciados, através de empresa externa contratada.

Estas ações são efetuadas mediante contratação de serviços, financiadas este ano pelo Programa Operacional da Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos – POSEUR, com apoio do Fundo de Coesão, realizada em conjunto para a área da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (que abrange 13 concelhos), e que prevê também colocação de rede de armadilhas em locais e número pré-definidos.

Os avistamentos de ninhos devem ser comunicados via telefone para o município (249360150) ou através da plataforma STOPVESPA.

José Gaio

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.