Apesar do estado em que ficou a viatura, o condutor sofreu ferimentos ligeiros. Foto: DR

Um bombeiro da corporação da Sertã sobreviveu com ferimentos ligeiros a um despiste seguido de capotamento e queda de 25 a 30 metros da ravina para a margem da ribeira da Isna, no extremo dos concelhos de Proença a Nova e Sertã. O acidente ocorreu no dia 25 de setembro cerca das 14h20 na sequência do embate da viatura, um quadriciclo, num javali.

O veículo, conhecido popularmente por “papa-reformas”, circulava na EN 241, próximo da aldeia de Maljoga, quando embateu no animal, saiu fora da estrada e caiu na ravina espalhando os destroços ao longo da encosta.

No local estiveram 11 operacionais apoiados por quatro viaturas das corporações da Sertã e Proença a Nova.

A vítima, de 55 anos, foi transportada para o Hospital de Castelo Branco. Teve alta poucas horas depois com escoriações ligeiras e três dedos partidos.

José Gaio

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *