Foto: CMA

Esta quinta-feira, 11 de agosto, pelas 18h00, a Biblioteca Municipal António Botto, em Abrantes, vai ser o palco para o encontro com Sandra May, a escritora portuguesa de 28 anos que está a percorrer a mítica Estrada Nacional 2 de bicicleta para promover o seu livro “Ainda não é desta”.

A viagem da escritora começou no dia 31 de julho e vai pedalar sozinha ao longo dos 730 kms que ligam o norte ao sul do nosso país, entre Chaves e Faro, para divulgar o seu livro, com paragens em 17 municípios.

O livro “Ainda não é desta” fala das histórias, vidas e aventuras de duas amigas: Lara e Maria que vivem juntas num apartamento no Porto.

Sandra May nasceu em Viana do Castelo e cresceu na cidade do Porto. Formou-se como bailarina profissional na Escola Ginasiano, tendo participado em diversos projetos ao longo de vários anos. Mais tarde, trocou a liberdade artística dos palcos pela disciplina e valores militares, tornando-se militar pela Escola de Sargentos do Exército até 2020.

Hoje é escritora a tempo inteiro, continua a amar os palcos agora como oradora, professora de dança e yoga e Presidente da Associação Cultural Chamusc´Arte.

Abrantes acolhe a escritora esta quinta-feira, dia 11, numa sessão aberta a todo o público, com entrada livre.

Paula Mourato

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.