O PSD de Tomar promoveu na noite de sábado, 23 de setembro, um jantar de campanha no Pavilhão Municipal de Tomar que juntou cerca de 480 pessoas. A iniciativa política serviu para apresentar as equipas quer concorrem às freguesias, entre os candidatos à assembleia municipal e câmara municipal, contando com a presença de Duarte Marques, deputado na Assembleia da República.

José Delgado e João Tenreiro, candidatos à Câmara e Assembleia Municipal de Tomar Foto: mediotejo.net

Os cabeça de lista à Câmara Municipal, José Delgado e à Assembleia Municipal, João Tenreiro, entraram na sala ao som do hino do PSD, sendo recebidos com muitas bandeiras e aplausos. Os discursos da noite foram abertos pelo mandatário da candidatura “Acreditar em Tomar”, António Pires da Silva. As suas primeiras palavras foram de agradecimento ao primeiro líder desta campanha, Luís Boavida, candidato inicial do PSD que teve de abdicar devido a problemas de saúde.

“Foi o Luís Boavida e a concelhia do PSD que me fizeram o honroso convite para ser o mandatário desta candidatura. “Infelizmente a adversidade da doença roubou-nos o nosso líder mas este está sempre presente connosco. Vai vencer não só ele a doença, como nós as eleições”, disse.

Christopher Pratt e António Pires da Silva, os mandatários da candidatura Acreditar em Tomar Foto: mediotejo.net

O mandatário mencionou que estava na presença de “homens comuns” agradecendo a todos os que se candidataram a este ato eleitoral numa candidatura que tem “humildade para corrigir os erros que se fizeram” pedindo a todos esta vitória para a oferecer a Luís Boavida. Christopher Pratt, mandatário da Juventude, referiu o seu percurso em Tomar e enunciou a importância dos jovens na construção de um futuro melhor.

Luís Boavida, candidato inicial do Partido Social Democrata à câmara, foi homenageado pelo mandatário da candidatura Foto: mediotejo.net

Duarte Marques, deputado na Assembleia da República eleito pelo PSD, referiu que depois do concelho de Mação, de onde é natural, Tomar é um concelho de que gosta muito. “Acredito na candidatura do PSD de Tomar e nesta equipa que se juntou para ganhar Tomar”, disse, acreditando que acredita na vitória do PSD a 1 de outubro, prestando a sua homenagem pessoal a Luís Boavida.

“Esta vitória do PSD de Tomar vai ser também a tua vitória”, disse. “Não há investimento em Tomar. Os jovens têm que sair de Tomar para ir trabalhar. A câmara não consegue uma política, uma estratégia para fazer com que os visitantes do Convento venham à cidade”, criticou, considerando que as melhores equipas, quer para as juntas, quer para o executivo, são as do PSD de Tomar.

Duarte Marques, deputado na Assembleia da República, foi um dos oradores desta noite Foto: mediotejo.net

O candidato à assembleia municipal, João Tenreiro, referiu que esta é uma vasta equipa que trabalha para o bem comum”, sublinhando a “moldura humana fantástica” presente neste jantar. “Somos a única força partidária que concorre às 11 freguesias de Tomar”, disse, agradecendo o contributo de todos para alcançarem a vitória a 1 de outubro.

João Tenreiro recordou que, nos últimos quatro anos, os vereadores do PSD apresentaram propostas construtivas mas que estas foram sucessivamente chumbadas pelo executivo que lidera a autarquia.

Apoiantes mostraram o seu entusiasmo pela candidatura “Acreditar em Tomar” Foto: mediotejo.net

Por fim, chegou o discurso mais aguardado da noite, o do cabeça de lista à Câmara Municipal, José Delgado. “Nós somos diferentes na competência, no saber fazer. Nós vamos alavancar Tomar porque somos bons”, disse. O candidato criticou as opções do executivo PS/CDU realçando o facto da “cidade estar a perder população, em especial jovens, deixando de ser um concelho líder”.

José Delgado assegurou que, com o PSD no poder local, “irão criar riqueza e atrair mais investimento”, sendo que Tomar precisa dos melhores para inverter esta situação. “Tomar não precisa de promessas, precisa de uma equipa inovadora que sabe o que faz”, disse. José Delgado referiu ainda que vai trabalhar “com transparência e seriedade” para que Tomar volte a ocupar a posição de outrora. “Tomar foi grande, muito grande. O concelho vai crescer connosco”.

Veja aqui parte do discurso do candidato, José Delgado:

Elsa Ribeiro Gonçalves

Aos 12 anos já queria ser jornalista e todo o seu percurso académico foi percorrido com esse objetivo no horizonte. Licenciada em Jornalismo, exerce desde 2005, sempre no jornalismo de proximidade. Mãe de uma menina, assume que tem nas viagens a sua grande paixão. Gosta de aventura e de superar um bom desafio. Em maio de 2018, lançou o seu primeiro livro de ficção intitulado "Singularidades de uma mulher de 40", que marca a sua estreia na escrita literária, sob a chancela da Origami Livros.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *