Câmara de Ourém em reunião. Foto: mediotejo.net

A Câmara de Ourém aprovou na reunião de 1 de agosto dois protocolos com outras tantas IPSS com vista a apoiar investimentos em obras de ampliação de um lar em Freixianda e aquisição de uma viatura para o Centro de Bem-Estar do Bairro.

Com o Centro Social Paroquial de Freixianda a autarquia compromete-se a apoiar financeiramente a empreitada de ampliação do Lar de Idosos desta instituição.

A candidatura da IPSS foi aprovada e o Município vai atribuir um apoio financeiro até ao montante de 100 mil e 900 euros, correspondente à componente não-elegível e ao investimento não-elegível não-comparticipado da candidatura, no âmbito da despesa definida em objeto e aprovada na candidatura ao Programa de Alargamento da Rede de Equipamentos Sociais (Pares 3.0),

O Centro Social Paroquial de Freixianda desenvolveu um plano de reestruturação com o objetivo de melhorar as condições e as respostas sociais existentes. Para isso apresentou uma candidatura ao Programa “PARES 3.0”, com o objetivo de garantir financiamento para a ampliação do Lar de Idosos.

O Centro de Bem-Estar do Bairro vai investir numa viatura elétrica, ao abrigo do Programa Mobilidade Verde, contando com o apoio financeiro do Município de Ourém até 11 mil e 450 euros.

Este valor corresponde a 50% do valor não-elegível a realizar pela Instituição Particular de Solidariedade Social.

A nova viatura será colocada ao dispor dos serviços de apoio domiciliário prestados pelo Centro.

Estas deliberações foram tomadas em reunião de Câmara com a presença de quatro dos sete eleitos.

José Gaio

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.