José Luís Ramos pediu à Câmara de Alcanena que se avance com a requalificação da Estrada Pousados - Alcanena Foto: mediotejo.net

A freguesia de Bugalhos celebrou na terça-feira, 15 de maio, os 799 anos da constituição da confraria medieval de Bugalhos. A ocasião foi aproveitada para homenagear antigos e atuais párocos. Ao mediotejo.net, o presidente José Luís Ramos adiantou que já se está a pensar na grande festa de 2019.

“Queremos festa rija”, comentou o presidente de Bugalhos ao mediotejo.net sobre a celebração dos 800 anos da autarquia. O objetivo é que “o que seja feito seja alusivo” a todas as aldeias, com referências deixadas em todas as terras e “algo que fique vincado”. O autarca está a pensar num espetáculo musical, homenagens a coletividades e memoriais à data, mas o programa ainda não está fechado. “Queremos algo que fique na memória das pessoas”, garantiu, admitindo que vai ser pedido apoio ao município para realizar as festividades.

Na noite de terça-feira, nos 799 anos, a junta de Bugalhos homenageou os párocos que passaram pela autarquia e os atuais, nomeadamente: Padre António Vicente, Padre João Miguel Barreira, Padre Diamantino Marques, Padre António Pereira e Padre Carlos Miguel Vieira, que chegou há seis meses. Cada um teve a oportunidade de falar um pouco sobre a sua experiência na localidade, com o Padre António Vicente a constatar as grandes mudanças em Bugalhos nos últimos 20 anos, de uma localidade “parada e escura” e de “mentalidade fechada”, a uma terra com vida, eventualmente devido ao facto de muitos jovens terem ido estudar para fora. “As estradas também trazem jovens”, comentaria, referindo-se à necessidade de requalificação da estrada Pousados – Alcanena mencionada por José Luís Ramos na sua intervenção.

Antigo pároco de Bugalhos, António Vicente, recebeu uma homenagem pelas mãos da presidente da assembleia de freguesia, Albertina Louro Foto: mediotejo.net

Esta requalificação foi aliás o grande pedido deixado pelo presidente de Bugalhos ao município de Alcanena. “É uma necessidade”, frisou, “é das vias mais circuladas” e não tem passeios nem oferece condições de segurança aos automobilistas. “Há nove anos que persistimos e a estrada está cada vez pior”, lembrou, admitindo que esperava ouvir boas notícias sobre este caso.

Em representação do município, a vice-presidente Maria João Gomez recordou que a presidente Fernanda Asseiceira já prometeu que o processo administrativo deverá avançar em 2018, para as obras poderem arrancar em 2019.

O 15 de maio de 1219 marca a fundação da confraria medieval de Bugalhos, localidade que só 80 anos mais tarde teve uma paróquia. A nível historiográfico definiu-se a data de fundação da confraria como a data de fundação oficial da freguesia, que celebra assim no próximo ano os seus 800 anos.

Cláudia Gameiro

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.