Paulo Silva é o novo comandante dos Bombeiros de Alcanena Foto: Jornal de Cá

O atual segundo comandante distrital de operações de socorro (CODIS) de Santarém, Paulo Silva, vai assumir o Comando dos Bombeiros Municipais de Alcanena a 7 de fevereiro, substituindo Jorge Frazão. Segundo o presidente da Câmara, Rui Anastácio (Cidadãos por Alcanena), avizinham-se outras alterações estruturais à Proteção Civil Municipal.

A notícia foi avançada durante a reunião camarária de 24 de janeiro, segunda-feira, realizada por videoconferência. Paulo Silva, 50 anos, é uma cara conhecida do concelho, tendo coordenado a Proteção Civil da Câmara de Alcanena entre outubro de 2020 e março de 2021, antes de integrar o CODIS de Santarém. 

Segundo Rui Anastácio, a passagem de pasta está agendada para 7 de fevereiro, sendo que o atual Comandante dos Bombeiros Municipais, Jorge Frazão, vai continuar a colaborar com o município. O presidente manifestou o seu respeito pelo profissional, com muitos anos de dedicação aos bombeiros de Alcanena, mas comentou ser necessário “sangue novo”.

“É tempo de alguma renovação”, comentou, tendo adiantado que já reunira com a corporação sobre esta matéria.

Neste sentido, adiantou que a Câmara Municipal se encontra a “repensar” o seu sistema de Proteção Civil, no objetivo de criar um centro municipal de operações que coordene tudo o que são emergências. Estas mudanças vão implicar uma maior coordenação com os Bombeiros Voluntários de Minde e um investimento significativo ao nível do socorro no concelho, que, referiu o presidente, possui “um conjunto de carências”.

O vereador Luís Pires (PS) saudou o novo Comandante, elogiando o trabalho do profissional. Salientou ainda ser “urgente a central de despacho”, uma “prioridade”, uma vez que vai integrar as duas corporações de bombeiros e “dar um grande alento à Proteção Civil”.

Natural de Alcanede, Paulo Silva tem uma licenciatura em Técnico Superior de Proteção Civil, pelo Instituto Politécnico de Leiria, tendo iniciado a carreira nos Bombeiros Voluntários de Alcanede, chegando a 2º Comandante. Passou depois pelos Bombeiros Municipais do Cartaxo, Proteção Civil de Alcanena e CODIS de Santarém.

Cláudia Gameiro

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.