Alcanena vai investir 1.2 ME numa Unidade de Produção para Autoconsumo de energia. Foto ilustrativa: DR

Tendo em conta os custos mensais de energia na ordem dos 200 mil euros na Aquanena – Empresa Municipal de Água e Saneamento de Alcanena, o executivo municipal aprovou a contração de um empréstimo no valor de 1.222.921,00€, com vista à obtenção de financiamento para investimento numa UPAC (Unidade de Produção para Autoconsumo), o que vai permitir reduzir as faturas de energia em cerca de 25%. A Aquanena vai também assinalar o seu terceiro aniversário nos dias 5 e 6 de julho, terça e quarta-feira, com visitas às instalações e diversas iniciativas relacionadas com a sua atividade.

“Nós temos de facto na Aquanena custos absolutamente inacreditáveis de energia, e temos forçosamente de arranjar uma forma de baixar esses custos”, começou por referir Alexandre Pires (Cidadãos por Alcanena) que presidiu à reunião camarária de 27 de junho, tendo em conta a ausência do presidente Rui Anastácio, afirmando depois que uma das formas para essa redução de custos passa pela criação e implementação de uma UPAC.

Vereador Alexandre Pires (Cidadãos por Alcanena) sobre o consumo de energia de Aquanena.

O autarca explicou que o valor apresentado na proposta de empréstimo é o valor necessário para se investir na UPAC, o que vai possibilitar a redução em cerca de 25% no valor que a Aquanena se encontra a pagar mensalmente, o qual se cifra na ordem dos 200 mil euros.

Nuno Silva (Cidadãos por Alcanena), vereador detentor do pelouro do Ambiente e Energia e pertencente ao conselho de administração da Aquanena, explicou que este era um investimento que estava previsto no orçamento para 2022 – tendo em conta que a ETAR de Alcanena é um consumidor intensivo de energia e que já era expectável o aumento dos custos de energia – mas que este investimento teve de ser redimensionado.

Assim sendo, a unidade de produção de autoconsumo que estava prevista ser na casa dos 600 quilowatts, foi redimensionada para 999 quilowatts, para desse modo de conseguir fazer uma poupança de 25% daquilo que é o consumo de energia.

Vereador Nuno Silva (Cidadãos por Alcanena).

O vereador explicou ainda que se fez uma auscultação ao mercado, que foram consultadas várias entidades bancárias no sentido de perceber quais eram as condições que o mercado oferecia para este tipo de instalações, e que de facto o que se terá de pagar pelo empréstimo é “muito mais compensado pela redução efetiva que existe nos custos da energia, e ainda mais aos preços em que a energia está hoje”, disse Nuno Silva.

O que foi colocado em cima da mesa foi portanto a aprovação do empréstimo de forma a se possibilitar, a concretização deste investimento, tendo a proposta sido aprovada por unanimidade.

O empréstimo cobre a totalidade do investimento da UPAC e permitirá assim uma poupança de 25% na fatura mensal de energia da Aquanena, esperando a vereação alcanenense que esta Unidade de Produção para Autoconsumo entre em funcionamento ainda este ano. Prevê-se que com a poupança vai permitir pagar o investimento em dois anos.

Aquanena celebra terceiro aniversário

Nos próximos dias 5 e 6 de julho, terça e quarta-feira, a Aquanena vai assinalar o seu terceiro aniversário sobre a data em que assumiu a gestão do Sistema de Tratamento de Águas Residuais de Alcanena, com um Dia Aberto na ETAR de Alcanena, no dia 5, convidando todos os interessados a visitar esta infraestrutura durante a manhã (9h-12h30). As inscrições, gratuitas, podem ser feitas através do telefone 249 899 414 ou do e-mail comunicacao@aquanena.pt.

Já no dia 6 de julho, é no Mercado Municipal de Alcanena que esta empresa municipal de água e saneamento alcanenense irá promover uma ação de sensibilização e informação, a decorrer entre as 9h e as 13h, onde o objetivo é mostrar e divulgar a atividade da empresa serviço do ambiente, através de várias atividades como:

Demonstrações práticas de como são efetuados os controlos à qualidade e segurança da água para consumo humano; Atividades para quebrar mitos sobre a água da torneira; Dinamização da campanha “Eu Bebo Água da Torneira – É uma Escolha Natural!”; Informação atualizada sobre os investimentos do Plano Estratégico e que estão em curso no sistema de saneamento de Alcanena; Exposição de outras atividades desenvolvidas pela empresa; Promoção da adesão à Fatura Eletrónica e ao Débito Direto com oferta de garrafa AQUANENA. Distribuição de água da torneira (simples e aromatizada) aos visitantes; Jogo da Roda da Sorte.

Rafael Ascensão

Licenciado em Ciências da Comunicação e mestre em Jornalismo. Natural de Praia do Ribatejo, Vila Nova da Barquinha, mas com raízes e ligações beirãs, adora a escrita e o jornalismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.