Treze restaurantes do concelho de Alcanena vão incluir nas suas ementas, entre quinta-feira e domingo, pratos confecionados com cachola e morcela, aderindo à iniciativa gastronómica que visa “recuperar e divulgar alguns dos sabores mais peculiares da região”.

“É das serras, e do bairro, e das atividades tradicionais, como o trabalho no campo, a pastorícia, a tecelagem ou a curtimenta das peles, que são as gentes que fizeram esta gastronomia do trabalho”, afirma uma nota da Câmara Municipal de Alcanena, que promove a iniciativa.

O objetivo é valorizar uma “gastronomia modelada pela carne de porco, pelos enchidos, pelo bacalhau salgado e pela horta”, de onde provinham os produtos típicos da dieta mediterrânea (os vegetais, como a couve, o feijão e a batata, mas também o azeite e as ervas de tempero ou os frutos secos, como o figo ou a amêndoa), dando destaque aos pratos que incluem a cachola (fígado) e a morcela de arroz, sublinha a nota.

Mário Rui Fonseca

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.