Foto: DR

De 19 de janeiro a 30 de junho, a Biblioteca Municipal de Alcanena vai acolher a “Mostra Biobibliográfica” comemorativa do centenário do nascimento de Eugénio de Andrade. Se fosse vivo, Eugénio de Andrade faria 100 anos a 19 de janeiro de 2023, data escolhida para a inauguração da mostra, que estará patente na Biblioteca Municipal Dr. Carlos Nunes Ferreira, em Alcanena, até dia 30 de junho.

Eugénio de Andrade, pseudónimo de José Fontinhas, nasceu a 19 de janeiro de 1923 no Fundão. Manteve sempre uma postura de independência relativamente aos vários movimentos literários com que a sua obra coexistiu ao longo de mais de cinquenta anos de atividade poética. Revelou-se em 1948, com As Mãos e os Frutos, a que se seguiria, em 1950, Os Amantes sem Dinheiro.

Os seus livros foram traduzidos em muitos países e ao longo da sua vida foi distinguido com inúmeros prémios, entre eles o Prémio Camões, em 2001. Morreu a 13 de junho de 2005 no Porto, cidade que o acolheu mais de metade da sua vida.

A “Mostra Biobibliográfica” poderá ser visitada de segunda a sexta-feira, das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00.

Jéssica Filipe

Atualmente a frequentar o Mestrado em Jornalismo na Universidade da Beira Interior. Apaixonada pelas letras e pela escrita, cedo descobri no Jornalismo a minha grande paixão.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *