Julgamentos regressam a Alcanena. FOTO: CM Alcanena

A presidente da Câmara de Alcanena, Fernanda Asseiceira, e os vereadores Maria João Gomez, Luís Pires e Hugo Santarém deslocaram-se esta quarta-feira, 4 de janeiro, ao Tribunal de Alcanena para assinalar o regresso dos julgamentos ao concelho, agora Juízo de Proximidade.

O município informa que, para esta reabertura, “o Tribunal de Alcanena foi alvo de melhoramentos, tendo a autarquia procedido a obras de requalificação da sala de julgamentos, no valor de 16.630,59 euros (+ IVA), e realizado vários melhoramentos no edifício”. Entre eles está a construção de uma rampa de acesso para pessoas com mobilidade reduzida, como havia sido assumido a 3 de novembro junto da Secretária de Estado da Justiça, Anabela Pedroso.

Cláudia Gameiro

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.