Foto: DR

Estamos no mês de agosto, o timing ideal para fazer um primeiro balanço do início da legislatura. Naturalmente, estamos a falar de 4 meses de trabalho parlamentar, numa legislatura que se prolonga por mais de 4 anos.

É, por este motivo, um período muito curto para analisar sendo que, ainda por cima, parte dele, foi dedicado ao importante debate Orçamento do Estado para o ano de 2022 (motivado por uma crise política irresponsável), para além do Programa de Governo e outros documentos que era urgente trabalhar no tempo. Todos estes dossiers exigiram muita dedicação, empenho e trabalho árduo.

Nesta legislatura, tive o privilégio de assumir a Coordenação Regional dos Deputados Socialistas eleitos pelo círculo eleitoral de Santarém, para além de ter assumido funções de coordenador do PS na Comissão de Economia, Obras Públicas, Planeamento e Habitação. 

Dois grandes desafios que vou dividir nos próximos artigos a publicar, fazendo um balanço mais detalhado dos mesmos.

Do ponto de vista regional, continuamos focados em trabalhar nos temas que mais preocupam a nossa região e que passam pelas questões ambientais, acessibilidades, infraestruturas de segurança, educação, saúde ou ensino superior.

A nível de acessibilidades sublinho a minha tónica no IC3 (uma urgência para região), a ferrovia, a Nacional 238 entre Ferreira do Zêzere e Sertã (que mereceu um projeto de resolução) ou a Travessia do Tejo. Sublinhei, em várias intervenções, a necessidade de respostas ambientais e de solução no Nabão e no Tejo. Também acompanhamos de perto as questões de segurança na região, sempre prioritárias.

A nível de saúde, defendemos melhores cuidados de saúde na região e, a nível de ensino, o financiamento e a realidade dos dois institutos politécnicos são uma prioridade.

Nos próximos artigos estes e outros temas vão continuar na senda, para além do que é feito no trabalho parlamentar diário. Termino, desejando boas férias a quem estiver de férias, sublinhando os bons resultados a nível turístico para a nossa economia neste verão, a crescer 10% face ao mesmo período do ano passado.

Hugo Costa

Deputado na Assembleia da República, Hugo Costa diz adorar o Ribatejo e o nosso país. Defende uma política de proximidade junto dos cidadãos. Tem 38 anos, é de Tomar e licenciou-se em Economia pelo ISEG. É Presidente da Assembleia Municipal de Tomar e da Assembleia da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo. Tem como temas de interesse a economia, a energia, os transportes, o ambiente e os fundos comunitários.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.