Jardins no interior do Castelo de Abrantes. Foto: DR

O Executivo Municipal aprovou por unanimidade, no dia 18 de fevereiro, a minuta de contrato interadministrativo para delegação de competências na União de Freguesias de Abrantes (S. João e S. Vicente) e Alferrarede, em matéria de conservação, manutenção e limpeza do Jardim do Castelo e do Aquapolis Norte. A delegação dessa competência tem a duração de 10 meses – decorre de março a dezembro do corrente ano – e contempla uma comparticipação financeira por parte da Câmara de 25 mil euros.

Em 2019, a Câmara havia já delegado competências na União de Freguesias da cidade para este efeito tendo-se verificado um “resultado muito positivo do trabalho desenvolvido”, refere a autarquia, em nota de imprensa.

No âmbito das competências delegadas, a Junta de Freguesia de Abrantes e Alferrarede assumirá os trabalhos de limpeza do lago do Jardim do Castelo, dos sanitários e caminhos pedonais dos dois espaços, reparação e conservação de portões, bancos, papeleiras e outro mobiliário urbano instalado no espaço, reposição de muros e escadas de acesso aos diferentes talhões do Jardim, assim como outros trabalhos que se revelem necessários à boa utilização dos espaços.

Os serviços da Câmara continuarão a assegurar a manutenção dos espaços ajardinados dos dois espaços.

A proposta para efetivação da minuta de contrato interadministrativo será presente ao órgão deliberativo, a Assembleia Municipal, para ser discutida e votada.

Paula Mourato

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.