Apenas são autorizadas ordens verbais e gestuais.

O Campo de Basebol na Cidade Desportiva de Abrantes recebeu nos dias 29 e 30 de janeiro as 14ª e 15ª Provas do Campeonato Nacional de Agility 2022, tendo participado 62 binómios ((homem/mulher e um cão) de todo o país.

Estas Provas, com organização do Clube Cinófilo do Alentejo e apoio da autarquia abrantina, constam de provas de habilidade e destreza na transposição pela ordem correta de alguns obstáculos, tendo por inspiração as provas hípicas de obstáculos.

Obstáculos com inspiração no Hipismo.

Em caso de empate pontual o desempate é feito pelo tempo levado a percorrer o percurso.
Qualquer cão, de raça conhecida, nacional ou estrangeira e até de raça indefinida é admitido a concurso sendo distribuídos, conforme o seu porte, em mini, médio e standard.

A concurso cães para todos os gostos.

A panóplia de obstáculos do “Agility” são compostos por saltos em altura e a distância, passarela, rampa ‘A’, gangorra, túneis, mesa, pneu e slalom e são dispostos em distâncias que variam de 5 a 7 metros e são numerados de acordo com a sequência que devem ser abordados. Uma abordagem com sequência errada implica a desclassificação do binómio.

Cão de água português regressou da quase extinção.

Os condutores que apenas conhecem o circuito minutos antes da prova, têm algum tempo para reconhecerem o percurso, estudando-o e adaptando-o às características do seu cão.
Durante a prova apenas pode conduzir o seu cão com ordens verbais ou gestuais, não lhe podendo tocar de forma voluntária nem estimulá-lo com o uso de brinquedos ou comida.

Abrantes recebeu o Campeonato Nacional de Agility.

O presidente do Clube Cinófilo do Alentejo, Ezequiel Sousa, pontessorense de 57 anos, criado no Tramagal e radicado em Beja há longo tempo falou-nos do Clube e desta atividade em particular.

VIDEO | EZEQUIEL SOUSA, PRESIDENTE CLUBE CINÓFILO ALENTEJO:

Agility é um desporto competitivo que se caracteriza por ser uma prova de destreza canina em que o dono dirige o seu cão por uma série de obstáculos e em que o objetivo é terminar a prova sem cometer infrações e no menor tempo possível.

Abrantes, com mais este evento de Desporto Canino, começa a ter uma posição de destaque no panorama que culminará nas tão esperadas Provas Internacionais em 2025.

O Campeonato do Mundo de Border Collie e o Europeu de Agility, competições que iriam decorrer em julho do ano passado na Cidade Desportiva de Abrantes com concorrentes oriundos de 40 países, foram adiados para 2025 devido à pandemia.

Em comunicado, o Clube Cinófilo do Altentejo (CCA), entidade organizadora, refere que, ao Campeonato da Europa de Agility, que iria envolver em Abrantes representantes de mais de 40 países e cerca de 1.300 binómios (homem/mulher e um cão), juntar-se-ia ainda o ‘Border Collie Classics’, o Campeonato do Mundo em Agility para uma raça específica, e o Mundial Júnior da modalidade, competições que transitaram para 2025.

FOTOGALERIA:

*Com David Belém Pereira (multimédia).

 

Jorge Santiago

Nasceu a 30 de Janeiro de 1961 em Lisboa e cresceu no Alentejo, em Santiago do Cacém. Dali partiu em 1980 para ingressar no Exército e no Curso de Enfermagem. Foi colocado em Santa Margarida e por aqui fez carreira acabando por fixar-se no Tramagal em 2000. A sua primeira ligação à Vila "metalúrgica" surge em 1988 como Enfermeiro do TSU. Munido da sua primeira câmera digital, em 2009 e com a passagem à situação de reserva, começou a registar a fauna do Vale do Tejo, a natureza e o património edificado da região, as ruas, as pessoas... Com colaborações regulares em jornais da região e nacionais este autodidata acaba por conseguir o reconhecimento público, materializado em alguns prémios. Foi galardoado na 8ª Gala de Cultura e Desporto de Tramagal na categoria de Artes Plásticas (Fotografia) em 2013.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *