Sessão de esclarecimento sobre a vespa asiática decorre esta sexta-feira na EPDRA, em Mouriscas, Abrantes. Foto arquivo: Paulo Jorge de Sousa

O Serviço Municipal de Proteção Civil de Abrantes realiza uma palestra sobre a vespa asiática, ou vespa velutina, esta sexta-feira, dia 21 de maio, entre as 9h30 e as 13h00, no auditório da EPDRA – Escola Profissional de Desenvolvimento Rural de Abrantes, em Mouriscas.

A vespa velutina é uma espécie asiática que exerce uma ação destrutiva sobre as colmeias de abelhas melíferas e pode constituir perigo para a saúde pública.

A vespa velutina nigritorax entrou na Europa em 2004, pelo porto de Bordéus, num carregamento de árvores-bonsai vindas da China. Nesse ano, as autoridades francesas eliminaram três ninhos. Dois anos depois, mais de duzentos. E três anos mais tarde, a situação escapou ao controle: já havia milhares de ninhos de vespa velutina espalhados por França.

Depressa galgaram fronteiras para Espanha e, em 2011, chegaram ao Norte de Portugal. Hoje já dominam mais de metade do território nacional, sendo o Médio Tejo uma das suas últimas conquistas.

Paula Mourato

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.