Fazendense venceu em Abrantes e soma duas vitórias em dois jogos. Foto: Rafael Ascensão/mediotejo.net

SPORT ABRANTES E BENFICA 0 AD FAZENDENSE 2
2ª Jornada – 1ª Divisão Distrital
Domingo, dia 25 de setembro 2022
Estádio Municipal de Abrantes

A partida foi disputada no Estádio Municipal de Abrantes. Foto: Rafael Ascensão/mediotejo.net

Foi uma tarde solarenga aquela que acolheu jogadores e público no Estádio Municipal de Abrantes, mas o jogo começou morno, com as equipas a estudarem-se mutuamente, num medir de forças que não durou muito tempo. Ainda o cronómetro não marcava cinco minutos quando o Fazendense conseguiu chegar ao primeiro tento na partida.

Depois de uma boa jogada pela ala esquerda, por meio de tabelas entre dois jogadores, surgiu o cruzamento rasteiro e tenso para o coração da área, onde apareceu Daniel Arraiolos a meter a bola dentro da baliza, sem dar hipótese de defesa.

Parreira tentava dar trabalho aos defesas de Fazendas de Almeirim. Foto: Rafael Ascensão/mediotejo.net

A próxima jogada de algum perigo só surgiu dez minutos depois, por intermédio de um cruzamento do jogador abrantino João Marchão, no entanto o mesmo foi intercetado mesmo a tempo pelo guardião do Fazendense, João Bernardo, que impediu o cabeceamento perigoso que já se perspetivava nas suas costas.

A equipa da casa tentava crescer, tendo desenhado uma jogada de perigo a partir de um bom trabalho de Parreira, que colocou depois a bola na entrada da área, convidativa a remate, que os colegas de equipa não conseguiram aproveitar da melhor forma.

Pedro Mendes foi o árbitro principal da partida. Foto: Rafael Ascensão/mediotejo.net

O Sport Abrantes e Benfica permaneceu algum tempo por cima, trocando bem a bola – algo que aconteceu por algumas vezes ao longo da partida – mas não conseguia ultrapassar a muralha defensiva forasteira que se apresentou em Abrantes e criar oportunidades verdadeiramente perigosas. Por seu turno, a equipa de Fazendas de Almeirim sentia-se já algo confortável por se encontrar desde cedo à frente do marcador.

Aos 25 minutos, o Fazendense beneficiou de um livre perigoso, centrado para o coração da área, mas nenhum jogador conseguiu chegar. Dois minutos depois a equipa da casa respondeu através de um remate de Parreira, que apareceu pelo lado direito, para defesa segura do guarda-redes João Bernardo.

Em algumas partes do jogo a equipa abrantina conseguiu trocar bem a bola entre os seus jogadores. Foto: Rafael Ascensão/mediotejo.net

Pouco depois da meia hora de jogo, Daniel Arraiolos quis faturar novamente, tendo recebido a bola de peito à entrada da área e ensaiado um remate forte, mas o disparo passou um pouco acima do travessão. Poucos minutos a seguir, foi a vez do gambiano Torres Gomez, por parte da equipa de Fazendas de Almeirim, ter recebido uma bola picada para dentro de área, tendo no entanto rematado à figura de Canais, guarda-redes da equipa da casa.

O Fazendense fez novamente chegar a bola à baliza adversária através de um cruzamento de Carlos Bacalhau, que descobriu a cabeça de Torres Gomez, mas o cabeceamento saiu por cima do alvo.

Foto: Rafael Ascensão/mediotejo.net

Depois de uma bola longa da equipa visitantes, o guardião Canais saiu da baliza para fazer o corte, deixando a baliza a descoberto. O corte, no entanto, foi incompleto e acabou nos pés de Carlos Bacalhau, que prontamente olhou para a baliza e tentou a sua sorte, tendo valido o rápido posicionamento do capitão da equipa abrantina em frente à baliza que cortou de cabeça para fora e evitou males maiores.

Um corte incompleto de Canais que deixou a baliza a descoberto esteve perto de ditar o segundo golo da equipa visitante. Foto: Rafael Ascensão/mediotejo.net

Antes de terminar a primeira parte, a equipa da casa respondeu ainda por intermédio de Pedro Lourenço que recuperou a bola e a levou em força e velocidade até à entrada da área adversária, onde ensaiou um remate, mas o pontapé foi travado sem grandes dificuldades por João Bernardo.

Já no segundo tempo, Sentieiro recebeu a bola ainda antes da grande área e rematou forte, tentando notoriamente alvejar o ângulo superior direito, mas o esférico passou um pouco ao lado do alvo.

O Fazendense conseguiu levar os três pontos na sua visita a Abrantes. Foto: Rafael Ascensão/mediotejo.net

Perto dos 60 minutos, uma boa jogada coletiva do Fazendense colocou a bola a rasgar no lado direito, onde apareceu Alexandre Fernandes que, já perto da baliza, rematou rasteiro para uma defesa apertada de Canais, com os pés.

A equipa abrantina tentava acelerar o jogo mas não conseguia levar verdadeiras jogadas de perigo até à baliza adversária, sendo obrigada a apostar mais nos remates de longe, como sucedeu com novo remate por parte de Parreira, que passou ao lado da baliza.

O Fazendense conseguiu criar mais perigo nas vezes em que conseguiu chegar à baliza adversária. Foto: Rafael Ascensão/mediotejo.net

Já a caminhar para os 80 minutos a equipa comandada por Séninho ainda beneficiou de um livre que se perspetivava perigoso, mas não conseguiu aproveitar da melhor maneira. Pouco depois Pedro Lourenço apanhou uma bola à entrada área, avançou e rematou em força mas para longe do objetivo.

Apesar das tentativas da equipa da casa, o golo acabou por aparecer novamente por parte do Fazendense, desta vez por intermédio de Bruno Alcobia. Num lance de bola parada que esticou o esférico na frente, um jogador penteia de cabeça e Bruno Alcobia finalizou pela direita, onde já não tinha grande ângulo, naquele que foi um bom golo da equipa de Fazendas de Almeirim e que arrumaria as contas do jogo.

O jogo disputou-se ao longo de uma tarde solarenga de finais de setembro. Foto: Rafael Ascensão/mediotejo.net

O segundo golo apareceu já a segunda parte ia adiantada, o que poderia quebrar um pouco das esperanças da equipa da casa em operar uma reviravolta. A equipa de Seninho, no entanto, nunca baixou os braços.

Os jogadores abrantinos continuavam à procura de faturar, objetivo que tentaram atingir através de um pontapé de canto batido para o primeiro poste, tendo a bola ficado ali a saltitar entre ressaltos, acabando por passar por cima da barra, para desalento dos atletas abrantinos.

Os jogadores abrantinos tentavam alterar o resultado mas o conseguiram fazer. Foto: Rafael Ascensão/mediotejo.net

O resultado da partida fixou-se assim em duas bolas a zero, a favor da equipa visitante, pelo que a equipa de Fazendas de Almeirim soma agora seis pontos, liderando a tabela a par de UFCI Tomar e CD “Os Águias”, que detêm igualmente seis pontos, fruto de duas vitórias em dois jogos. A equipa abrantina, que jogou em Tomar na 1ª jornada e agora recebeu o Fazendense, mantém-se sem pontos conquistados na prova.

Ficha do Jogo:

SPORT ABRANTES E BENFICA

Canais, Miguel Catarino, Pedro Gonçalves, Toni, Rui Sousa, Diogo Mateus, Pedro Lourenço, Sentieiro, Miguel Séninho, Parreira, João Marchão
Suplentes: Miguel Ferreira, João Rui, Pedro Damas, João Nogueira, João Reis, Henrique Pereira, Diogo Barrocas
Treinador: Paulo Séninho

Foto: Rafael Ascensão/mediotejo.net

ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA FAZENDENSE

João Bernardo, Rafael Alturas, Rodrigo Neves, Runylson Cassamá, Miguel Mateus, Carlos Bacalhau, Diogo Oliveira, Alexandre Fernandes, Daniel Arraiolos, Torres Gomez, Tiago Mateus
Suplentes: Gonçalo Vieira, José Libério, Cláudio Tipote, João Moreira, Bruno Alcobia, Diogo Varela
Treinador: Zé Miguel Dias

Foto: Rafael Ascensão/mediotejo.net

GOLOS: Daniel Arraiolos [1], Bruno Alcobia [1] (Fazendense)

EQUIPA DE ARBITRAGEM:
Pedro Mendes, Pedro Sousa, Rui Ferreira

Foto: Rafael Ascensão/mediotejo.net

Como habitualmente fomos escutar os responsáveis técnicos de ambas as equipas:

SÉNINHO (Abrantes)

Paulo Seninho, treinador do Abrantes e Benfica. Foto arquivo: mediotejo.net

ZÉ MIGUEL DIAS (Fazendense)

Foto: Rafael Ascensão/mediotejo.net

Rafael Ascensão

Licenciado em Ciências da Comunicação e mestre em Jornalismo. Natural de Praia do Ribatejo, Vila Nova da Barquinha, mas com raízes e ligações beirãs, adora a escrita e o jornalismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *