Isabel Alves é a nova diretora do Agrupamento de Escolas nº2 de Abrantes. Créditos: mediotejo.net

A nova diretora, a completar 53 anos dentro de um mês, tomou posse em reunião de Conselho Geral, presidido por Ana Serigado, na sequência de um procedimento concursal em que a lista encabeçada por Maria Isabel Paulino Rebeca Alves foi vencedora.

Professora há 31 anos, de português/inglês de 2º ciclo, Isabel Alves é natural de São Miguel do Rio Torto, embora tenha trabalhado em escolas fora do concelho de Abrantes, como por exemplo Sardoal, Ponte de Sor ou Sabugal. Em 2013, aquando da agregação, era professora na escola de Tramagal, passando depois para a Escola Secundária Dr. Manuel Fernandes.

Agora, apresentou um projeto de intervenção para os próximos quatro anos “centrado nos alunos” apostando em parcerias e na cooperação, tal como ficou patente no seu discurso de tomada de posse no qual expressou algumas das linhas orientadoras para o próximo mandato.

ÁUDIO | ISABEL ALVES, DIRETORA AGRUPAMENTO ESCOLAS Nº 2 ABRANTES:

Discurso oficial de Isabel Alves na cerimónia de tomada de posse como diretora do Agrupamento de Escolas nº2 de Abrantes
Cerimónia de tomada de posse da nova diretora do Agrupamento de Escolas nº2 de Abrantes. Créditos: mediotejo.net

“Essa é uma das nossas metas; conseguir pôr toda a gente a trabalhar no mesmo rumo, no mesmo caminho”, explicou ao mediotejo.net, referindo “maior enfoque no aluno, ajudando cada um dos nossos alunos a conseguir alcançar os seus objetivos, sejam pessoais, profissionais, emocionais. Temos alunos de uma grande fragilidade emocional e todos eles precisam do nosso apoio, do nosso carinho, da nossa ajuda para concretizar o seu projeto de vida. Essa é a nossa principal missão”, garantiu a nova diretora.

A direção recém empossada quer “focar toda a atividade em prol dos nossos alunos e da melhoria do seu processo de aprendizagem”, acrescentou Isabel Alves, dando conta da criação de “ofertas diversificadas” para alcançar esse objetivo, designadamente com “projetos que possam levar os alunos a ter experiências novas no estrangeiro, projetos e parcerias com outras escolas nomeadamente do ensino superior, do ensino artístico, levar os nossos alunos do ensino artístico ao estrangeiro, trazer colegas do estrangeiro para masterclasses aqui, workshops. Portanto, diversificando as experiências e dando-lhe uma visão do mundo que os rodeia”, destacou.

Cerimónia de tomada de posse da nova diretora do Agrupamento de Escolas nº2 de Abrantes. Créditos: mediotejo.net

A criação de salas de estudo e gabinetes para “intensificar e diversificar” o apoio aos alunos que manifestem alguma dificuldade também consta do projeto de intervenção para os próximos quatro anos.

Entre as iniciativas propostas, Isabel Alves destacou “uma liderança partilhada”. As relações de confiança, a colaboração e entreajuda, as parcerias ativas com a comunidade e o serviço educativo de excelência, foram algumas das questões mencionadas pela nova diretora que pretende formar “cidadãos responsáveis e conscientes”.

Ou seja, “uma escola de todos e para todos. Com parcerias, cooperação, solidariedade e envolvendo os seus atores”, disse. Como resultado pretende-se alcançar “cidadãos dotados de espírito critico e solidário”.

Cerimónia de tomada de posse da nova diretora do Agrupamento de Escolas nº2 de Abrantes. Créditos: mediotejo.net

Para o sucesso da missão Isabel Alves conta com um “corpo docente motivado, resiliente e disponível”. A nova diretora acredita que “os professores são o futuro porque têm conhecimento”. Durante o seu discurso de tomada de posse falou ainda de “formação do pessoal não docente em parceria com a autarquia”. Mostrou igualmente interesse em “reforçar a colaboração com o Município e com as Juntas de Freguesia, adotando uma postura colaborativa, de diálogo”.

A nova diretora defende uma abertura do Agrupamento ao exterior, nomeadamente aos contextos desportivos, educativos, científicos, económicos, culturais, sociais e de saúde “para que sejam uma mais valia para os alunos, para o agrupamento e para a comunidade”.

Ao nosso jornal a professora garantiu que a aposta no ensino artístico “é para continuar” lembrando o projeto Educarte – no primeiro ciclo – e curso básico de música, bem como o curso de dança e de teatro, destacando o trabalho desenvolvido pela anterior direção, em particular por Alcino Hermínio, que cessou funções no dia 4 de julho.

“Continuaremos a valorizar o ensino artístico nas suas diferentes vertentes. Porque quando as coisas estão bem não vamos destruí-las só porque sim. Se estão bem têm de ser consolidadas, melhoradas e continuar a apostar nelas, porque são uma aposta forte”, considerou Isabel Alves.

No entanto, “mudar o ambiente interno” é outra das prioridades, ou seja “criar um espírito de equipa”, diz, destacando a necessidade de união. “Sabemos que somos muitos mas se trabalharmos como uma equipa, rumamos todos na mesma direção. Acho que é essencial e tem de ser o primeiro passo”.

A equipa da nova direção do Agrupamento de Escolas nº 2 de Abrantes. Créditos. mediotejo.net

Para além de Isabel Alves, a direção é composta por Goreti Leitão, Celso Silva, Paulo Silva e Sandra Xisto.

A trabalhar juntos há duas semanas, a diretora fala de “entusiasmo” apesar da consciência do projeto “não ser fácil. O professor Alcino esteve 20 anos à frente do Agrupamento, há muita coisa feita, há também uma grande responsabilidade, sentimos uma grande pressão porque as pessoas acreditaram em nós, querem muito a mudança, mas também sentimos muita determinação, motivação e força. Somos resilientes, responsáveis, pessoas com boas relações humanas com os outros e portanto acreditamos que conseguimos fazer uma grande equipa para levar o barco a bom porto”, concluiu.

Cerimónia de tomada de posse da nova diretora do Agrupamento de Escolas nº2 de Abrantes. Créditos: CMA

A cerimónia de tomada de posse na nova diretora do Agrupamento de Escolas Nº 2 de Abrantes decorreu no auditório da Escola Secundária Dr. Manuel Fernandes, em Abrantes, e contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Manuel Jorge Valamatos, do presidente da União de Freguesias de Abrantes e Alferrarede, Bruno Tomás, da direção cessante, docentes, auxiliares de ação educativa e representantes da comunidade educativa do concelho.

O Agrupamento de Escolas Nº 2 de Abrantes é composto pela Escola B.S. Dr. Manuel Fernandes, Escola E.B.2,3/S Octávio Duarte Ferreira, Escola Básica António Torrado, Escola Básica de Rio de Moinhos, Escola Básica de Chainça, Escola Básica de S. Miguel do Rio Torto e Escola Básica de Tramagal.

Paula Mourato

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.