Foto: Umit Bektas/Reuters

O Município de Abrantes tem estado a dinamizar o programa de acolhimento aos cidadãos ucranianos no concelho, contando-se 43 ucranianos acolhidos, entre eles 22 adultos e 21 crianças. A informação foi avançada pela vereadora Raquel Olhicas, com o pelouro da Ação Social, que deu ainda indicação sobre o encaminhamento dos adultos para ingressar no mercado de trabalho bem como o processo de adaptação das crianças, com 13 delas já inscritas nos Agrupamentos de Escolas da cidade.

Segundo a vereadora, do total de adultos, 18 estão inscritos no IEFP e vão iniciar um curso de Português em breve. Quanto às 21 crianças, 13 estão já inscritas nos dois agrupamentos de escolas abrantinos.

Raquel Olhicas aproveitou para agradecer às direções dos Agrupamentos escolares que “têm tido a porta extremamente aberta para estas crianças”, tendo acrescentado que “o processo de adaptação está a correr com total tranquilidade”.

“As crianças têm uma capacidade de adaptação fenomenal e não sentem a diferença linguística para já, não sendo uma das barreiras. Estão-se a adaptar muito bem”, indicou.

Todos os cidadãos encontram-se inscritos no SEF, sendo que após a conclusão do processo, “terão acesso ao rendimento social de inserção e ao respetivo abono de família”.

Foto: mediotejo.net

Quanto à empregabilidade, a vereadora teceu agradecimento “a todas as empresas que estão a oferecer alguns empregos”, estando neste momento a ser adaptadas as ofertas disponíveis de acordo com a formação académica de cada adulto acolhido.

Ainda assim, já estão alguns refugiados ucranianos a ingressar no mercado de trabalho em Abrantes, algo que Raquel Olhicas classifica como sendo “meritório”.

A vereadora lembrou o funcionamento do Gabinete de Apoio ao povo ucraniano, do Município, que “está constantemente a ter solicitações”, agradecendo a forma como tem desempenhado o seu papel. Também agradeceu ao Alto Comissariado para as Migrações, Segurança Social, IEFP, Agrupamentos de escolas e aos cidadãos do concelho.

“É de facto louvável a atitude de recetividade relativamente ao povo ucraniano”, frisou.

Refira-se que Abrantes tem desenvolvido iniciativas no âmbito do apoio aos refugiados da guerra e a todo o povo ucraniano, tendo disponível desde o início do mês de março o Gabinete de Apoio ao povo ucraniano.

“Tem como objetivo acolher e integrar as pessoas provenientes deste país, bem como prestar apoio ao nível do alojamento, alimentação saúde, educação e todas as questões relacionadas com a empregabilidade”, explica a CM Abrantes.

O gabinete está sediado no Serviço de Ação Social da Câmara Municipal, na Rua Manuel Constâncio, conta com a colaboração de um profissional Luso-Ucraniano, bem como de técnicos de ação social do Município de Abrantes e está disponível através do telefone 967 426 700 ou do e-mail abrantesunidapelaucrania@cm-abrantes.pt

Joana Rita Santos

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.