"O Desconcerto" do GETAS sobe ao palco do Cineteatro S. Pedro. Foto: DR

O Cineteatro S. Pedro é transformado esta sexta-feira, dia 11, na taberna animada que serve de cenário à peça teatral “O Desconcerto” do GETAS – Centro Cultural do Sardoal.

Cristina Curado, presidente daquela associação cultural sardoalense, Diamantino Costa e Paulo Costa encenam o espetáculo que retrata a história de um maestro desajeitado e da banda filarmónica que pouco ou nada percebe de música.

Além destes personagens, o palco recebe os proprietários da taberna desgostosos com o prejuízo da banda, o afamado fadista contratado para salvar a noite, a boneca que canta ópera quando a corda lhe permite e um touro inesperado.

A peça baseada no texto do comediante, autor e produtor de cinema alemão Karl Valentim esgotou o centro cultural do concelho vizinho, Sardoal, por duas ocasiões e arrisca-se a repetir o sucesso em Abrantes.

Sónia Leitão

Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *