Herdade da Murteira em Mouriscas. Créditos: CMA (foto de arquivo)

A compra a privados de cinco pequenas parcelas de terreno confinantes com a EPDRA – Escola Profissional de Desenvolvimento Rural de Abrantes, em Mouriscas, foi aprovada por unanimidade na reunião de executivo de terça-feira, 17 de dezembro, pelo valor total de 15 mil euros. O espaço da Herdade da Murteira é municipal e está cedido para o funcionamento da escola.

A aquisição de tais parcelas de terreno vem proporcionar a junção física aos terrenos municipais, anteriormente cedidos à EPDRA pelo Município, “acrescentando valor, área e aumento do potencial da Herdade da Murteira. Como são terrenos confinantes entre si, criavam uma situação de descontinuidade da área, pelo que urgia resolver esta situação”, lê-se em nota de imprensa.

A Câmara avançou com um processo de negociação com os proprietários, tendo chegado a um acordo quanto ao valor por m2. Tais aquisições “facilitam assim a atividade agrícola da EDPRA, criando melhores condições de segurança e alargamento da sua atividade”, lê-se na mesma nota.

Paula Mourato

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.