Bombeiros de Abrantes desenvolvem buscas por adolescente desaparecida no Tejo. Foto: Jorge Santiago/mediotejo.net

Domingo/21h00 – As buscas junto ao rio Tejo em Abrantes pela jovem de 16 anos desaparecida desde a tarde de sexta-feira foram suspensas às 19:30 deste domingo e serão retomadas às 08:30 de segunda-feira, disse fonte dos bombeiros. Durante o dia de hoje elementos e meios da PSP, dos bombeiros e da proteção civil estiveram junto ao rio Tejo, em Abrantes, à procura de uma jovem de 16 anos desaparecida esta sexta-feira, disse o comandante António Manuel Jesus, dos bombeiros voluntários de Abrantes.

António Manuel Jesus, Comandante dos Bombeiros Voluntários de Abrantes. Foto: mediotejo.net

ÁUDIO | ANTÓNIO MANUEL JESUS, COMANDANTE BOMBEIROS DE ABRANTES:

Ao longo dos últimos dois dias estiveram cerca de 25 operacionais no terreno, com vários meios e drones da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, numa operação que envolveu o esvaziamento do açude insuflável para fazer baixar as águas do rio e ajudar aos trabalhos de busca dos mergulhadores e operacionais, hoje equipados com drones e um sonar.

Bombeiros de Abrantes desenvolvem buscas por adolescente desaparecida no Tejo. Foto: Jorge Santiago/mediotejo.net

Sábado/21h00 – A jovem terá desaparecido nas águas do Tejo cerca das 14h30 de sexta-feira mas o alerta só foi dado para a PSP e para os Bombeiros de Abrantes às 22h17, que prontamente enviaram meios para o local, em Barreiras do Tejo. As buscas pela jovem de 16 anos foram suspensas cerca das 20h00 deste sábado e serão retomadas na manhã de domingo. No local estiveram hoje elementos da PSP, PJ, Proteção Civil Municipal e Bombeiros Voluntários de Abrantes.

Buscas em Abrantes por uma adolescente de 16 anos vão continuar no domingo. Foto: Jorge Santiago/mediotejo.net

Sábado/21h00 – Ainda na região, as buscas por um homem de 84 anos residente em Cadafaz, Gavião, também se revelaram hoje infrutíferas e os operacionais retomam amanhã as buscas pelo quarto dia consecutivo. O homem, que “sofre de demência”, está desaparecido da sua residência, de onde saiu cerca das 20:00 de quarta-feira, tendo a mulher dado o alerta para o desaparecimento à Guarda Nacional Republicana, cerca das 22.45.

Bombeiros fazem buscas por adolescente desaparecida no rio Tejo, em Abrantes. Fotografia: TMT

Sábado/14h00 – “Encontram-se neste momento 25 operacionais no terreno, com vários meios e drones da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil. Estão a esvaziar o leito do rio, para que fique com um caudal idêntico ao que estaria na tarde/noite aquando do alegado desaparecimento”, adiantou esta tarde à Lusa fonte da PSP de Abrantes.

Segundo a mesma fonte, duas jovens “não tiveram aulas, devido à greve da função pública [na sexta-feira], e ter-se-ão ido banhar para o rio Tejo, na zona do Aquapolis, em Rossio ao Sul do Tejo, em Abrantes”. O alerta foi dado pelas 22:17 pela amiga, mas o “alegado desaparecimento terá acontecido durante a tarde”.

“Talvez por medo ou outra razão, a rapariga só mais tarde alertou os pais. As buscas iniciaram-se pelas 22:30”, explicou ainda a PSP de Abrantes. As buscas no local foram depois retomadas esta manhã e prosseguiram ao longo do dia.

Operacionais procuram jovem de 16 anos alegadamente desaparecida nas águas do Tejo. Foto: Jorge Santiago/mediotejo.net

Sábado/12h00 – As buscas terminaram cerca da 01h00 e foram retomadas na manhã deste sábado, com recurso a embarcações, drones e buscas apeadas junto das margens do rio, disse ao nosso jornal o comandante dos Bombeiros Voluntários de Abrantes, junto ao local do desaparecimento da jovem, cerca das 12h00 deste sábado (ver video).

VIDEO | ANTÓNIO MANUEL, COMANDANTE DOS BOMBEIROS DE ABRANTES:

Sexta-feira/23h30 – O comandante dos Bombeiros Voluntários de Abrantes, António Jesus, fez na noite de sexta-feira um ponto de situação ao mediotejo.net sobre as diligências em curso e explicou os contornos desta situação. Eram cerca de 23h30 e começavam as buscas pela jovem de 16 anos, residente em Abrantes.

ÁUDIO | ANTÓNIO MANUEL JESUS, COMANDANTE BOMBEIROS DE ABRANTES

A jovem de 14 anos que estava com a jovem desaparecida, e que alertou as autoridades, terá entrado em pânico, motivo pelo qual só contactou as autoridades policiais às 22h17.

O alerta para os Bombeiros foi dado às 22:32, para uma ação de “busca e resgate aquático de pessoas”, tendo sido enviado para a operação 16 operacionais e seis viaturas, incluindo uma embarcação.

As buscas pela jovem vão ser retomadas na manhã de domingo, mantendo os meios humanos e materiais, nomeadamente três embarcações dos bombeiros de Abrantes, um na zona norte e dois na zona sul do açude insuflável, a par de elementos da PSP e de drones da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil. Hoje, no local, além de muitos populares, estiveram também familiares a jovem e elementos da PJ.

c/LUSA

Mário Rui Fonseca

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

Entre na conversa

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.