Foto de arquivo alusiva à edição de 2018 da Caminhada pela Eliminação da Violência. Créditos: CMA

A Rede Especializada de Intervenção na Violência de Abrantes (REIVA) vai assinalar a 28 de novembro o Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres com uma reunião temática sobre a intervenção com vítimas e agressores domésticos e uma Caminhada pela Eliminação da Violência, que decorrerá no dia 30.

No dia 28 de novembro, às 14h30, no Edifício Pirâmide, acontece uma reunião temática em torno da intervenção com vítimas e agressores/as domésticos/as que contará com as participações do Juízo Local Criminal de Abrantes; Procuradoria da República; Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género e FEM – Feministas Em Movimento.

Esta ação é dirigida a técnicos da REIVA, do Projeto MARIA-Estratégia Integrada de Intervenção para a Área da Violência Doméstica e de Género no Médio Tejo e a outros técnicos com intervenção na área.

As inscrições podem ser realizadas para os e-mails accaosocial@cm-abrantes.pt ou direccao@associacaovidascruzadas.org, ou ainda para o contacto 241 330 100 (tecla 5 + tecla 2).

Já no dia 30, realiza uma Caminhada pelas ruas do Centro Histórico de Abrantes, com ponto de encontro na Praça Barão da Batalha e partida agendada para as 10h00. A iniciativa pretende sensibilizar a comunidade em geral para a necessidade da eliminação da violência e destina-se à participação de todos os cidadãos que se queiram juntar a esta causa. As inscrições podem ser realizadas para os e-mails accaosocial@cm-abrantes.pt ou direccao@associacaovidascruzadas.org, ou ainda para o contacto 241 330 100 (tecla 5 + tecla 2).

A REIVA é constituída por diferentes entidades do Concelho de Abrantes e outras que se verifiquem como essenciais para a sua operacionalização, sendo coordenada pela Câmara Municipal. O trabalho desenvolvido por essa estrutura prende-se com a promoção de respostas organizadas em rede por forma a encontrar soluções eficazes para prevenir e apoiar vítimas de violência doméstica ou familiares das vítimas.

Em 1999, as Nações Unidas (ONU) designaram oficialmente o dia 25 de novembro como Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres. Desde então, essa data tem sido comemorada no mundo.

Paula Mourato

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *