Praia fluvial de Aldeia do Mato disponibiliza atividades náuticas gratuitas este fim de semana. Foto: DR

Durante o fim de semana, dias 4 e 5 de setembro, o desafio na praia fluvial de Aldeia do Mato é o de praticar wakeboard, atividade náutica em ascensão na região. Desta forma e durante estes dois dias (sábado e domingo), os interessados podem desfrutar desta atividade gratuitamente na praia fluvial abrantina.

O Wakeboard Open Days é uma iniciativa da CIMT (Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo) que pretender dar oportunidade para que os amantes e curiosos da modalidade tenham oportunidade de a experimentar e praticar.

A CIMT pretende assim igualmente promover a Albufeira de Castelo do Bode – assim como os municípios de Abrantes, Ferreira do Zêzere, Tomar, Sertã e Vila de Rei – enquanto destino turístico de excelência pela oferta que apresenta ao nível de diversas atividades náuticas, com especial destaque para o Wakeboard, enquanto desporto diferenciador em relação à oferta nacional.

Neste sentido, é desde o mês de junho que a CIMT e os referidos municípios têm estado a realizar a ação “Wakeboard Open Days” e “Welcome To Castelo do Bode”, a qual desafia à prática de várias atividades como Stand Up Paddle, Canoagem, Ski, Passeios de Barco, entre outras atividades.

Foto: Wakeboard Portugal

Até ao dia 15 de setembro, de segunda a sexta-feira, entre as 10h e as 13h, é ainda possível experimentar Wakeboard nas praias fluviais de Aldeia do Mato, Dornes, Lago Azul, Trízio e Fernandaires, através de um voucher gratuito distribuído por cada município.

Em comunicado, Miguel Pombeiro, secretário executivo da CIMT, refere que “a estratégia vai continuar a estar centrada na dinamização da Albufeira através de projetos como a Estação Náutica de Castelo do Bode, que reúne uma rede de parceiros e operadores em torno da Albufeira bem como, através de ações concretas que se destinam a impulsionar este grande ativo presente na região do Médio Tejo”.

Integrado no âmbito do Plano de Ação para os Produtos Turísticos Integrados do Médio Tejo, este projeto é apoiado pela União Europeia, Portugal 2020 e Programa Operacional do Centro 2020, através do FEDER.

Rafael Ascensão

Licenciado em Ciências da Comunicação e mestre em Jornalismo. Natural de Praia do Ribatejo, Vila Nova da Barquinha, mas com raízes e ligações beirãs, adora a escrita e o jornalismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.