Academia Tubuciana de Abrantes promove palestra e apresenta livro sobre Heráldica. Foto: DR

A Academia Tubuciana de Abrantes promove no sábado, dia 25 de junho, uma palestra sobre a “Rota da Heráldica do Centro: Abrantes, Mação, Gavião, Sardoal, Vila de Rei e Ponte de Sor. Um património cultural a valorizar”. Na ocasião será apresentado um livro sobre a Heráldica do Médio Tejo, da autoria do investigador Paulo Falcão Tavares, e que contou com o patrocínio científico do Instituto Português de Heráldica.

A palestra, marcada para as 11h00, na sede da Academia, na Rua dos Quinchoso nº 1, estará ao cuidado do Investigador e Doutorando Paulo Falcão Tavares, autor da obra que vai ser apresentada publicamente.

Paulo Tavares é Secretário perpétuo da Academia Tubuciana de Abrantes, Mestre em Gestão e Valorização do Património Histórico, Cultural e Artístico (Universidade de Évora), Delegado em Portugal das Ordens Dinásticas da Real Casa de Saboia e Lugar tenente do Grão-mestre da Casa Imperial do Brasil.

Para julho, a sessão agendada para dia 30 vai debater as ‘Energias Renováveis em Portugal, o Futuro’, tendo como convidado o Professor Catedrático Doutor Collares Pereira. da Universidade de Évora. Membro da Academia das Ciências de Lisboa.

A Academia Tubuciana, fundada em 13 de maio de 1802 em Abrantes, sempre foi uma instituição cultural. Começou por promover a economia e as belas letras, com proteção do príncipe D. João, futuro rei de Portugal, D. João VI. Surgiu da ideia de dois ilustres médicos do século XVIII, Rodrigo Soares de Bivar e de Inácio Francisco Tamagnini, ainda no século das luzes.

A instituição teve o seu primitivo nome de Sociedade Literária Tubuciana, tendo tido dezenas de sócios no século XIX, três dos quais, foram primeiro-ministros do Reino de Portugal, para além de uma panóplia de eruditos, poetas, militares, fidalgos, juristas, frades, sacerdotes, médicos entre outros. 

Programação prevista de setembro a dezembro 2022:

Dia 24 de Setembro:
BOCAGE E A FAMILIA CONSTÂNCIO DE ABRANTES.
Dr. Carlos da Câmara Bobone (Bobone), investigador e autor de diversas obras. Membro Efectivo da Academia Tubuciana de Abrantes.

Dia 29 de Outubro:
A PAIXÃO DE CRISTO; O SANTO SUDÁRIO E OS EVANGELHOS.
Dr. Antero Frias Moreira. Autor do melhor livro em português sobre o Sudário de Turim. Médico na cidade do Porto.

Dia 26 de Novembro:
A NATUREZA E A VALORIZAÇÃO DO TERRITÓRIO NA NOVA ECONOMIA
Professora Catedrática Doutora Helena de Freitas, Departamento de Ciências da vida da Universidade de Coimbra. UNESCO chair in Biodiversity Safeguard for Sustainable Development. Directora do Parque de Serralves.

Dia 17 de Dezembro:
SUDÁRIO DE TURIM, FONTE DE EXTRAORDINÁRIA INFORMAÇÃO CIENTIFICA.
Professor Catedrático Doutor Victor Manuel Matos Lobo, da Universidade de Coimbra.
Membro da Academia das Ciências de Lisboa.

Mário Rui Fonseca

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.