Partida para a prova de 10 Km.

O Município de Abrantes e União de Freguesias de Abrantes e Alferrarede juntaram centenas de atletas no dia 25 de abril de 2018, no âmbito do 19º Grande Prémio de Atletismo 25 de Abril.

A prova teve um percurso com 10 km de distância, com partida na Alameda Carlos Lopes e chegada na Cidade Desportiva. Também houve uma Caminhada com 5 km de extensão.

Logo pela manhã foram os mais jovens a darem um colorido especial à pista do Estádio. Distribuídos por vários escalões e distâncias empenharam-se em competir mas a diversão imperou.
Muito público presente, a maioria familiares dos jovens atletas.

Forte presença de jovens dos escalões de formação.

O tiro de partida para a prova principal coincidiu com um aumento de temperatura, o que aliado à dureza do percurso, com os últimos quilómetros em rampa, criou sérias dificuldades aos participantes.

Jorge Robalo do Clube de Atletismo de Vale Figueira em masculinos e Margarida Dionísio da Associação CRS do Desterro em femininos foram os vencedores na prova principal. Referência para a forte presença de atletas da Casa do Benfica em Abrantes.

Maria do Céu Albuquerque, presidente da CMA e Bruno Tomás, presidente da União de Freguesias de Abrantes e Alferrarede.

Os prémios foram entregues por Maria do Céu Albuquerque, presidente da Câmara Municipal de Abrantes, e pela restante vereação, para além de Bruno Tomás, presidente da União de Freguesias de Abrantes e Alferrarede.

CLASSIFICAÇÕES:

Margarida Dionísio da Associação CRS do Desterro.

FEMININOS

1.Margarida Dionísio         Associação CRS do Desterro     41:30,9
2.Verónica Scutaru           Beja Atlético Clube                  42:47,3
3.Filipa Moutinho              Casa do Benfica em Abrantes   43:17,5
4.Eva Carvalho          N. do Sporting de Torres Novas       45:14,7
5.Carolina Feliz                União FCI de Tomar                 48:53,8
6.Marketa Martins            Casa do Benfica em Abrantes    49:26,8
7.Paula Rodrigues            Casa do Benfica em Abrantes    50:42,7
8.Sofia Carvalho               Individual                               52:55,3
9.Alice Silva                    Casa do Benfica em Abrantes    53:40,0
10.Susana Rosa               Casa do Benfica em Abrantes   54:32,6

Jorge Robalo do Clube de Atletismo de Vale Figueira.

MASCULINOS

1.Jorge Robalo             Clube Atletismo Vale Figueira       34:20,1
2.Pedro Januário           Industrial Desportivo Vieirense    34:30,3
3.Antonio Almeida         Casa do Benfica em Abrantes      34:37,7
4.Pedro Lopes               União FCI de Tomar                   35:16,7
5.Luis Coelho                Grupo D. R. da Reboleira            35:41,9
6.Eugénio Neto             Grupo D. R. da Reboleira            35:47,7
7.Luis Cancela          N. do Sporting de Torres Novas       36:14,3
8.José Antunes             Grupo D. R. da Reboleira            36:56,8
9.Alexei Scutaru           Beja Atlético Clube                     36:57,3
10.Octávio Vicente       Casa do Benfica em Abrantes       37:11,3

Fonte: Trilho Perdido

*Com David Pereira (fotos).

Jorge Santiago

Nasceu a 30 de Janeiro de 1961 em Lisboa e cresceu no Alentejo, em Santiago do Cacém. Dali partiu em 1980 para ingressar no Exército e no Curso de Enfermagem. Foi colocado em Santa Margarida e por aqui fez carreira acabando por fixar-se no Tramagal em 2000. A sua primeira ligação à Vila "metalúrgica" surge em 1988 como Enfermeiro do TSU. Munido da sua primeira câmera digital, em 2009 e com a passagem à situação de reserva, começou a registar a fauna do Vale do Tejo, a natureza e o património edificado da região, as ruas, as pessoas... Com colaborações regulares em jornais da região e nacionais este autodidata acaba por conseguir o reconhecimento público, materializado em alguns prémios. Foi galardoado na 8ª Gala de Cultura e Desporto de Tramagal na categoria de Artes Plásticas (Fotografia) em 2013.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.