Foto: Joana Rita Santos/mediotejo.net

A autarquia esclarece que esta informação agora divulgada surge após inúmeros contactos aos serviços da Câmara sobre se é permitido ou não pernoitar e acampar na praia fluvial de Cardigos. “A resposta é óbvia: não é nem nunca foi permitido acampar naquele espaço”, sublinha a autarquia maçaense.

“Percebemos que há quem já o tenha feito, por responsabilidade própria. Percebemos ainda que há muitos locais na internet em que pessoas indicam que sim. Mas não, nem nunca tal foi divulgado pelos meios da Câmara Municipal de Mação. O único Parque de Campismo que existe no Concelho de Mação é o de Ortiga. Existe ainda uma Área de Serviço para Autocaravanas no Largo da Feira, em Mação. Estas são a infraestruturas que existem, que aconselhamos e sobre as quais nos responsabilizamos”, enumera.

Posto isto, a autarquia termina apelando “que não seja praticado campismo nas praias fluviais de Cardigos ou de Carvoeiro” uma vez que “tal não é legal, e depois por questões de segurança e higiene para as próprias pessoas, além de ambientais”, reforçando que estas regras existem “pelo bem de todos”.

Refira-se que a autarquia já tinha sentido necessidade de reforçar e rever as normas de utilização da praia fluvial de Cardigos por comportamentos abusivos registados, que levaram a reforço de vigilância e até intervenção da GNR.

NOTÍCIA RELACIONADA

Joana Rita Santos

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.