Pedro Ferreira prometeu obra Foto: mediotejo.net

Torres Novas reuniu-se na manhã de 25 de abril, quarta-feira, na Praça dos Claras para recordar a revolução de 1974. Todas as forças políticas e o presidente da Assembleia Municipal intervieram, encerrando a sessão o presidente da Câmara, Pedro Ferreira (PS).

No seu discurso, Pedro Ferreira lembrou que tinha 22 anos quando se deu o 25 de abril e que para os jovens de hoje representará muito pouco as fotografias dos militares com cravos nas G3. “A liberdade que nos trouxe a democracia trouxe-nos uma grande responsabilidade social e política”, frisou, apelando a todos à participação.

Recordando que uma das grandes conquistas de abril foi o “poder local”, Pedro Ferreira reconheceu incertezas quanto ao futuro dos fundos comunitários, que marcarão os orçamentos dos próximos anos. “Portugal também terá que defender a sua sustentabilidade por si só”, constatou.

Adiantava assim que “até ao final do mandato irão surgir obras de relevância no concelho”, do centro histórico à rede viária, passando pelos edifícios escolares, saúde e saneamento.

Pedro Ferreira terminaria a apelar aos jovens do concelho que “tirem partido da democracia que vos deixaram”.

Cláudia Gameiro

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.