Cerimónias fúnebres do jornalista Armando Rebelo decorrem esta sexta-feira em Tomar. Foto: DR

Morreu hoje Armando Rebelo, jornalista reformado mas sempre ligado à palavra, à escrita e à comunicação, e que manteve uma dinâmica contínua de colaboração com vários órgãos de comunicação social e com instituições da sua Tomar natal até ao ultimo dia, tendo hoje dado o ultimo suspiro no hospital local.

Armando Rebelo nasceu em Tomar em 1945. Jornalista reformado, colaborou com diversos órgãos de comunicação social regionais e nacionais, onde foi repórter, redator gráfico, bem como locutor e realizador de TV no Canadá.

À família enlutada a equipa do jornal mediotejo.net endereça as mais sentidas condolências.

Mário Rui Fonseca

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.