Lurdes Fernandes, atual presidente da Comissão Política do Partido Social Democrata (PSD) de Tomar, é também a nova líder do Grupo Municipal do PSD na assembleia municipal de Tomar, substituindo João Tenreiro que abdicou do lugar, mantendo-se como eleito. A nova líder de bancada estreou-se neste papel, na sessão de 29 de junho, com a apresentação de duas propostas: “Política para a Natalidade e Infância” e “Mercado Municipal de Tomar”.

De acordo com uma nota do PSD de Tomar, a primeira proposta surge no âmbito da preocupante situação demográfica do concelho de Tomar que, ano após ano, continua a perder centenas de habitantes. O PSD apontou cerca de uma dezena de soluções concretas, como benefícios para agregados familiares numerosos, com redução de taxas e licenças municipais através do “Cartão Família Numerosa”, o “Portal da Família”, e a criação de uma nova Tarifa Familiar e de uma Tarifa Jovem no consumo doméstico de água. A proposta acabou por ser reprovada.

A segunda moção apresentada resulta dos contactos com os comerciantes do Mercado Municipal de Tomar e visa um conjunto de medidas para o desenvolvimento e melhoria do Mercado, tais como a procura de novas soluções para a afetação de espaços, que sirvam comerciantes e clientes apropriadamente, melhoria das condições de higiene e das condições de acessibilidade para cidadãos com mobilidade reduzida, limpeza e manutenção
e uma coordenação eficaz entre Mercado e a realização de eventos. Esta proposta foi aprovada por unanimidade.

Para além das propostas apresentadas, da parte do PSD foram ainda realizadas várias intervenções de diferentes eleitos, abordando temas como a Proteção Civil, as obras nas freguesias e os espaços verdes. Foram também expressas algumas preocupações com a consolidação das contas do Município e relativamente às condicionantes do PDM face às construções dos edifícios junto à GNR e as constantes alterações de discurso da parte do executivo socialista, sublinha a mesma nota.

Elsa Ribeiro Gonçalves

Aos 12 anos já queria ser jornalista e todo o seu percurso académico foi percorrido com esse objetivo no horizonte. Licenciada em Jornalismo, exerce desde 2005, sempre no jornalismo de proximidade. Mãe de uma menina, assume que tem nas viagens a sua grande paixão. Gosta de aventura e de superar um bom desafio. Em maio de 2018, lançou o seu primeiro livro de ficção intitulado "Singularidades de uma mulher de 40", que marca a sua estreia na escrita literária, sob a chancela da Origami Livros.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.