A Hora do Planeta, ação mundial contra as alterações climáticas, é assinalada no dia 26 de março. Créditos: Pixabay

O município de Tomar volta a aderir à campanha “Hora do Planeta”, desligando, no dia 26 de março (sábado), a iluminação da muralha do Convento de Cristo e a iluminação exterior do Convento de São Francisco durante uma hora, entre as 20h30 e as 21h30.

Referindo que “as alterações climáticas são uma questão incontornável na atualidade, para a qual é importante que as consciências dos decisores políticos e dos cidadãos em geral continuem despertas”, a autarquia desafia ainda os munícipes a também aderirem a esta campanha, desligando as luzes de casa durante a hora referida. 

Conforme enunciado através de comunicado, o município tomarense compromete-se em 2022 a dar continuidade a projetos de poupança e eficiência energética nos edifícios públicos, ao programa de educação e sensibilização ambiental no âmbito das alterações climáticas e a rearborizar arruamentos.

A Hora do Planeta é um movimento global que teve origem em 2007 na Austrália, em que pessoas, empresas e territórios se unem ao desligar as luzes durante uma hora, naquele que é um gesto simbólico que pretende alertar para a sustentabilidade global.

Rafael Ascensão

Licenciado em Ciências da Comunicação e mestre em Jornalismo. Natural de Praia do Ribatejo, Vila Nova da Barquinha, mas com raízes e ligações beirãs, adora a escrita e o jornalismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.