Foto: Joel Marcão

Segundo indicação da autarquia, o sintético está apto a ser colocado numa infraestrutura que tenha menor utilização, podendo ser reaproveitado.

“Iremos proceder à substituição daquele relvado que tem 16 anos de existência e que, apesar de ter condições razoáveis, não tem condições adequadas para a carga de treinos que existe naquele campo”, indicou Vasco Estrela na passada reunião de Câmara Municipal.

A colocação no pelado de Ortiga deverá rondar os 50 mil euros, com a CM Mação a apoiar parte deste encargo, que apesar de servir a LRM Ortiga, poderá eventualmente ser a Junta de freguesia a dona de obra.

Vasco Estrela justificou a cedência do relvado que será instalado em Ortiga, relevando que o sintético está em condições de ser reaproveitado por campos “com menor utilização”. A Liga de Ortiga já havia sinalizado a intenção de aproveitar esta oportunidade de reutilização, e uma vez que participa no Campeonato Distrital, este facto pesa na decisão da autarquia.

Também o Grupo Desportivo de Carvoeiro demonstrou interesse, mas encontra-se a disputar a Liga Inatel. “Fui abordado pelo GDR Carvoeiro para aproveitamento deste relvado sintético, se mais ninguém o quisesse. Mas já havia esta sinalização de interesse por parte da Ortiga, há muitos anos”, notou Vasco Estrela, lembrando intervenção no mandato anterior, da então vereadora do PS, Cláudia Cordeiro, que propunha dotar os campos do concelho de relvados sintéticos.

“Acho que há uma prioridade óbvia para o Campo de Jogos de Ortiga”, sublinhou o edil, referindo não estar a desvalorizar a competição de Carvoeiro na Inatel.

Na pré-época a Associação Desportiva de Mação (ADM), clube de quem o Campo Municipal Agostinho Pereira Carreira, em Mação, é casa-mãe, terá de deslocar-se ao campo de jogos de Sardoal para efetuar os treinos, numa colaboração com a Câmara Municipal de Sardoal.

Vasco Estrela agradeceu a permissão para utilização do campo desportivo sardoalense, e lembrou o apoio igualmente dado pela Câmara Municipal de Gavião para que o Mação Futebol Clube pudesse efetuar o treino de futsal naquele concelho vizinho durante as obras do Pavilhão Municipal José Maia Marques, também na vila de Mação.

Joana Rita Santos

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.