A iniciativa “Agroal selvagem: retrato natural de uma nascente cársica” começa às 10:00 do dia 15 de janeiro. Foto: CMO

O percurso pedestre de arqueologia e natureza no Agroal, concelho de Ourém, realiza-se no dia 15 de janeiro, a partir das 10:00. O acesso é gratuito mas de inscrição obrigatória.

Segundo informação da Câmara de Ourém, o percurso dista dois quilómetros “em meio natural, passando pelo local arqueológico onde existiu um povoado pré-histórico”, sendo que “no topo do percurso apreciar-se-á o canhão fluviocársico do Agroal e junto ao rio Nabão a sua nascente caudalosa”.

Pelo meio, a fauna e a flora, os guarda-rios ou o bufo-real, as bocas-de-lobo ou a madressilva-caprina. Um mundo de espécies autóctones entrelaçadas com grutas subterrâneas ou vestígios de um povoado pré-histórico.

A iniciativa “Agroal selvagem: retrato natural de uma nascente cársica” começa às 10:00.

A inscrição, gratuita mas obrigatória, deve ser efetuada para os números 919585003, 249540900 (extensão. 6823) ou pelo email: museu@cm.ourem.pt.

Mário Rui Fonseca

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *