Concerto. Foto: DR

A FEIROURÉM volta a dinamizar o concelho, quase 20 anos depois da última edição, com produtos locais e artistas nacionais. A iniciativa decorre entre os dias 15 e 20 de junho no Parque da Cidade António Teixeira e no Centro de Negócios de Ourém e à mostra de produtos e atividades económicas junta-se desporto e cultura que, na vertente musical, tem como cabeças-de-cartaz Xutos & Pontapés, Carolina Deslandes, Fernando Daniel e Domi.

Os concertos destes artistas vão animar o concelho em quatro dias do programa, arrancando com o rock mítico dos Xutos & Pontapés a ecoar no recinto da festa a partir da meia-noite de sexta-feira. No fim-de-semana os espetáculos são às 23h30 e começam com Carolina Deslandes a partilhar com o público “A Vida Toda” e “Avião de Papel”, temas que integram o novo álbum “Casa”, lançado em abril.

No domingo, é Fernando Daniel quem canta “Espera” e “Nada Mais” envolvidos pela música que compôs para o trabalho discográfico de estreia cujo nome lhe permitiu dar o “Salto” para a ribalta no passado mês de março. Às 22h30 de terça-feira, véspera do Dia da Cidade, chega o hip-hop de Domi focado em temas de “Pensamento Leve”, single disponibilizado em abril e sucessor de “Não esqueço”.

Xutos & Pontapés – O Mundo ao Contrário

Os cabeças-de-cartaz não são os únicos a pisar o palco e são antecedidos pelos concertos das bandas The Peorth (dia 15), Sigma (dia 16) e In The Cisos (dia 17), às 22h00. Os espetáculos dos Xutos & Pontapés e Carolina Deslandes não terminam a noite e o ritmo continua, à 01h30, com as mesas de mistura dos Dj Zico e do Dj Cazé, respetivamente.

O programa cultural tem mais para oferecer e no sábado, às 15h00, propõe o concerto final do intercâmbio entre a Orquestra da Ourearte e a Orquestra Molto Vivace, do Conservatório Jaime Chavinha, no Pavilhão Multiusos da Escola Secundária de Ourém. Para as 16h00 está agendada a inauguração da exposição de fotografia e a apresentação do livro “… O sol, logo em nascendo vê primeiro”, ambos da autoria de Carlos André, na Galeria da Vila Medieval de Ourém.

Carolina Deslandes – A Vida Toda

No domingo, o público mais jovem tem à sua espera uma sessão de “Música para Bebés”, a partir das 11h30 no Auditório da Ourearte, e os Ranchos Folclóricos sobem ao palco do recinto da festa a partir das 15h00. Segunda-feira é dia de Marchas Populares da APDAF – Associação para a Promoção e Dinamização do Apoio à Família, pelas 19h30, e da atuação do grupo “Função Públika”, a partir das 23h00. Na quarta-feira, é o grupo musical “Manuel Braz” que atua às 21h00, pouco depois da sardinhada popular que começa às 19h00.

A abertura oficial da FEIROURÉM está marcada para as 17h00 de sexta-feira e o horário mantém-se na segunda-feira e terça-feira. No fim-de-semana e no Dia da Cidade, 20 de junho, é possível visitar o evento a partir das 11h00 para conhecer ou participar nas diversas iniciativas complementadas por animação variada no interior do Centro de Negócios de Ourém nas tardes de sábado e domingo.

Fernando Daniel – Espera

O desporto também marca presença no programa com a transmissão dos jogos de futebol do Mundial no ecrã gigante do recinto da festa. Na sexta-feira, apoia-se Portugal enquanto defronta a Espanha e na segunda-feira faz-se figas para que se conquiste uma vitória frente à Tunísia, sempre a partir das 19h00. No entanto, as atividades desportivas não se limitam à torcida pela Seleção Nacional e sucedem-se ao longo do FEIROURÉM.

No sábado, realiza-se o Torneio de Veteranos Vilarense no Campo do Operário, em Vilar dos Prazeres, às 15h00, e uma aula de Zumba promovida pelo ginásio Vilafi às 16h00. No domingo, é a vez da APDAF – Associação para a Promoção e Dinamização do Apoio à Família promover o desporto através das bicicletas com uma prova de BTT e no Dia da Cidade há batismos gratuitos de karting no Parque da Cidade António Teixeira a partir das 15h30.

Domi – Não Esqueço

O equilíbrio entre o corpo e a mente também pode ser conseguido nos workshops marcados para as 11h30 e 16h00 de sábado. O primeiro é promovido pelo espaço Om Shanti e o segundo, intitulado “Sabemos o que que comemos? – Aprenda a interpretar “rotulagem alimentar”, pelo ginásio Vilafi. O espaço Om Shanti é, igualmente, responsável pelo momento dedicado à reflexologia podal, pelas 11h30 de domingo no Auditório da Ourearte, e uma aula yoga a partir das 18h00 de segunda-feira.

As atividades não param e no domingo ainda há tempo para uma demonstração de paraquedismo pelas 17h30, tal como na terça-feira para as comemorações do 5º Aniversário do Centro Comunitário de Voluntariado de Ourém a partir das 14h30.

No Dia da Cidade, as cerimónias oficiais associadas à data começam pelas 09h30, a nova viatura dos Bombeiros Voluntários de Ourém é benzida às 15h00 e a APP “Participa” e o site do Município de Ourém são apresentados a partir das 17h00 no auditório do Centro de Negócios de Ourém.

Sónia Leitão

Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.