Ourém vai criar circuitos urbanos com autocarros públicos elétricos. Foto ilustrativa: DR

O Município de Ourém vai apresentar uma candidatura para criação de circuitos urbanos de transporte público em Ourém e Fátima, com recurso a autocarros elétricos, informou a autarquia liderada por Luís Albuquerque.

O projeto visa reforçar a rede de transporte público de passageiros no concelho, assim como fomentar uma mobilidade mais limpa, com melhorias na qualidade de vida das cidades e dos seus habitantes, adianta uma nota de imprensa da Câmara de Ourém.

A candidatura ao programa de apoio POSEUR contempla a criação de dois circuitos urbanos de transporte em Ourém e Fátima, assim como a aquisição de dois autocarros elétricos e a instalação de dois postos de carregamento elétricos, um em cada cidade.

Para a autarquia, o objetivo é “responder às carências existentes na rede de transportes públicos de passageiros concelhia, beneficiando a mobilidade nas cidades de Ourém e Fátima no que respeita às deslocações para locais de residência, de trabalho, estabelecimentos de ensino e zonas comerciais”.

Com este circuito será criada uma alternativa à deslocação realizada em automóvel, atenuando o impacto na rede viária e de estacionamento, além da necessária redução das emissões de CO2 e de outros poluentes, destaca ainda o mesmo comunicado.

Segundo o município, a aposta em autocarros elétricos terá um “impacto direto na diminuição dos níveis de poluição concelhios, além de contribuir para a descarbonização da economia”.

O Município de Ourém assegurará, numa primeira fase, a gestão do projeto com a implementação de um tarifário competitivo, que facilitará a mobilidade urbana de toda a população”.

O projeto de criação de circuitos urbanos de transporte público em Ourém e Fátima implica um investimento de cerca de 860 mil euros, sujeito a uma comparticipação do Fundo de Coesão de aproximadamente 605 mil euros, informa a autarquia.

Esta candidatura foi aprovada por unanimidade em reunião do executivo.

Agência Lusa

Agência de Notícias de Portugal

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *