Estrada de Minde é um dos principais acessos de peregrinos a Fátima. Foto: DR

Considerada a segunda entrada com maior fluxo de peregrinos para Fátima, e por onde circula a maioria dos peregrinos oriundos do sul do país, a estrada de Minde vai ser alvo de um investimento superior a 3 milhões de euros por parte do município de Ourém e deverá começar ainda este ano.

O anúncio de procedimento lançado pelo Município de Ourém foi publicado no dia 11 de maio no Diário da República e nele refere-se como preço base para a empreitada 3,184,130.36 euros, a que acresce o IVA e um prazo de execução de 365 dias.

“Para o final do verão, poderá haver condições para iniciar a obra, haja empresas interessadas na execução e visto do Tribunal de Contas”, afirmou o presidente da Câmara de Ourém à agência Lusa.

Luís Albuquerque adiantou que a requalificação daquela que é uma das principais entradas de Fátima, contempla duas fases, sendo que a primeira, agora lançada, compreende cerca de três quilómetros, entre a rotunda das Oliveiras e Boleiros, na freguesia de Fátima, a mesma distância da segunda fase, até ao limite do concelho de Ourém com o de Alcanena.

“É uma obra feita com fundos próprios”, especificou, referindo que contempla, além do piso, mobiliário urbano, iluminação pública, passeios e uma ecovia.

“Em termos gerais, é o mesmo que está feito entre as rotundas das Oliveiras e Sul, esta na cidade de Fátima”, disse.

Segundo o autarca, o investimento visa “dar dignidade, segurança e conforto aos habitantes e a quem visita” Fátima.

Luís Albuquerque explicou que falta ainda a requalificação da Avenida Irmã Lúcia de Jesus, que liga a rotunda Sul à sede de freguesia de Fátima, a estrada da Batalha e a Avenida Papa João XXIII (acesso à Autoestrada 1).

“Gostava que houvesse melhores condições para receber os milhões de peregrinos que chegam a Fátima, mas o município não tem condições para fazer todas estas obras em simultâneo e sozinho”, observou, manifestando o desejo de que o Governo, “a exemplo do que aconteceu em 2017, quando o papa Francisco fez a primeira visita a Fátima, possa comparticipar nalgum investimento”.

Está previsto que o papa Francisco se desloque de novo a Fátima por ocasião da Jornada Mundial da Juventude, em Lisboa, em agosto de 2023.

José Gaio

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.