Foto: DR

Os deputados Hugo Costa, António Gameiro e Maria da Luz Lopes, eleitos pelo PS no círculo de Santarém à Assembleia da República, aceitaram o convite da Concelhia do Partido Socialista de Mação e visitaram esta terça-feira alguns pontos do concelho. Foram destacadas situações nomeadamente quanto a vias de comunicação a requererem intervenção urgente nas freguesias com liderança PS.

Hugo Costa disse ao mediotejo.net que “foram apontados alguns problemas, nomeadamente a questão da Estação de Barca da Amieira (Envendos) que está claramente ao abandono e que poderá ser alvo de investimento. Também observámos a EN 244 entre Chão de Codes, que necessita de uma intervenção profunda há muitos anos a esta parte entre outras matérias que pudemos constatar”.

O deputado do PS referiu ainda ter notado “os bons exemplos” de trabalho desenvolvido pelos presidentes de junta das freguesias lideradas pelo Partido Socialista, caso do projeto implementado pela União de Freguesias de Mação, Penhascoso e Aboboreira para limpeza de ribeiras e potenciação das áreas de natureza circundantes às mesmas.

“Os deputados eleitos pelo Partido Socialista do Distrito de Santarém estão sempre disponíveis e fazem um conjunto de visitas aos territórios”, concluiu Hugo Costa.

Por seu turno, José Fernando Martins, líder da Comissão Política Concelhia do PS de Mação desde novembro de 2018, referiu que esta é a segunda iniciativa que promove no concelho, após o jantar de Ano Novo de dia 26 de janeiro.

A visita a parte do concelho surge no âmbito de trabalho que a Concelhia iniciou, estando ainda a “arrumar a casa”, segundo José Fernando Martins, que pretende trazer alguma “alavancagem” ao Partido Socialista com “trabalho político”.

O objetivo foi assinalar junto dos deputados “alguns problemas cujo centro de decisão não passará tanto pela Câmara Municipal, mas passará mais pelo Governo central”, podendo ser intermediários nestes assuntos e ajudar na resolução e tomada de decisões.

José Fernando Martins, presidente da União de Freguesias de Mação, Penhascoso e Aboboreira, referiu que a maior preocupação se prende “com as vias de comunicação rodoviária e ferrovias”, tendo sido visitado o apeadeiro de Barca da Amieira, em Envendos, “um local que está ao abandono e que ainda é utilizado, pois os comboios param lá, mas não tem condições, nem nas casas de banho, e as rampas para pessoas com dificuldades motoras têm ângulos quase de 90 graus… as coisas não estão no melhor estado”, descreveu.

O presidente da CPC do PS de Mação fez menção também à estrada que faz ligação de Envendos à A23, “por onde passam dezenas de camiões diariamente devido à unidade industrial de águas situada no lugar de Ladeira”, e onde foi feito um “alargamento improvisado para o cruzamento das viaturas”, mas entende o mesmo responsável que “merece outra atenção”.

Foto: DR

Também a estrada nacional 244 que passa por Chão de Codes e Chão de Lopes, tem uma “situação de perigo iminente desde 2006”, sendo que há um abatimento acentuado da faixa de rodagem que se deveu a aluimento de terras adjacentes, continuando a dita via aberta a circulação em ambos os sentidos e apenas com sinalização colocada pela autarquia.

José Fernando Martins alertou ainda para o facto de esta estrada nacional ser bastante movimentada, e que representa perigo para os populares destas localidades, uma vez que “o trânsito não está devidamente regulamentado, não existem lombas ou barreiras de segurança, não tem passadeiras, e nem passeios para os peões fazerem as suas travessias”, salientou, acrescentando que durante a visita se pôde constatar este facto pois “as pessoas caminham no meio da estrada, pois logo a seguir ao alcatrão estão as valetas e depois então estão espaços que poderiam ser aproveitados para a construção de passeios”, até porque “já têm havido alguns atropelamentos”, notou.

Feito o levantamento de alguns dos problemas nestas freguesias, a visita prosseguiu para avaliação de alguns projetos em execução, nomeadamente em Aboboreira, com o projeto levado a cabo para limpeza das ribeiras através de candidatura a fundos comunitários.

“Assim pudemos constatar que os poucos fundos que estão disponíveis para as freguesias, tentamos aproveitá-los e dar-lhes uso em benefício das populações nomeadamente neste projeto, que era uma necessidade”, explicou José Fernando Martins.

Também o estaleiro atual da União de Freguesias de Mação, Penhascoso e Aboboreira foi alvo de visita, uma vez que aguarda a aprovação de candidatura e disponibilização de verba para requalificação do espaço e transformação em pavilhão multiusos “para ser colocado ao serviço das populações”.

Nesta visita participaram outros membros da Concelhia do Partido Socialista, bem como o vereador da CM Mação, Nuno Barreta, os deputados da Assembleia Municipal João Filipe e Daniel Jana, o presidente da freguesia de Ortiga, Rui Dias, o presidente da freguesia de Envendos, João Luís Pereira, Cláudia Cordeiro, entre outros.

Marcado:

Joana Rita Santos

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *