Alunos da EB 2,3 e Secundária Mestre Martins Correia, na Golegã, vão entregar na quarta-feira, dia 29 de novembro, um abaixo assinado com mais de uma centena de assinaturas, no qual reivindicam “mais financiamento” para a resolução de problemas, nomeadamente “nos edifícios onde chove”.

Em comunicado enviado à Lusa, os alunos afirmam que se vão concentrar à entrada da escola ao início da manhã de quarta-feira, antes da entrega do documento em que exigem a instalação de aquecimento em todos os blocos, comida em mais quantidade e com qualidade no refeitório, redução dos custos no bar, na papelaria e na reprografia e obras em edifícios onde chove, nomeadamente no pavilhão.

Os alunos queixam-se da falta de aquecimento, da “comida sem condições” servida no refeitório, que leva “muitos alunos a comer fora da escola e a gastarem mais dinheiro”, bem como do “elevado preço dos livros, elevado preço em materiais na papelaria da escola, assim como do aumento dos preços no bar escolar”.

Gisela Oliveira

Jornalista profissional há mais de 30 anos, passou por vários jornais diários nacionais, nomeadamente pelo 'Diário de Lisboa', 'Diário de Notícias' e 'A Capital'. Apaixonada pela profissão desde a adolescência, abraçou o jornalismo nas suas diversas áreas, desde o Desporto às Artes e Espetáculos, passando pela Política e pelos temas Internacionais. O jornalismo de proximidade surge agora no seu percurso.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.