Wemerson foi o melhor marcador do campeonato da 1ª divisão distrital. Foto: João Pereira Fidalgo

Jogo de final de época no campo municipal 25 de Abril, em tomar, onde a equipa da casa lutava pera segurar o 2º lugar perante um Riachense já despromovido à divisão secundária. Restava à equipa de Riachos acabar com a máxima dignidade possível, o que não era fácil, pois a equipa estava sem ritmo e sem soluções de banco. Foi assim uma presa fácil para o U. Tomar que ao intervalo já vencia por três zero, com golos de Wemerson, do capitão Nuno Rodrigues e de Christian Pedroso, conseguindo assim garantir e dissipar qualquer dúvida sobre quem seria o segundo classificado do campeonato.

Foto: João Fidalgo

Na segunda parte esperava se mais golos, no entanto o guarda redes João Mação e os seus colegas foram adiando os golos, assim como os jogadores tomarenses por vezes, na hora de marcar, falhavam o alvo ou tornavam-se previsíveis, pois queriam oferecer o golo a Wemerson para este ser o melhor marcador do campeonato.

Daí que o único golo da segunda parte só aconteceu perto do fim pelo inevitável Wemerson, que acabou mesmo por ser o artilheiro mor da competição. No próximo domingo, o União de Tomar disputa a final da Taça do Ribatejo perante o Mação, atual detentor do troféu, e campeão em título.

Wemerson, artilheiro do União de Tomar.

Boa arbitragem da jovem Ana Marques e seus assistentes.

Foto: João Fidalgo

Árbitro: Ana Marques

Assistentes: Pedro Ferreira e Rui Inácio

U. Tomar:

Mahalo, David Vieira (Douglas), Fábio Vieira, Luís Caetano, Rui Silva, Nuno Rodrigues (cap.) (Telmo Ferreira) Bruno Araújo(Flávio) , Luís Alves, Christian Pedroso (Rui Lopes), João Pedro (Renan), Wemerson.

TREINADOR, Paulo Esteves

Suplentes não utilizados. João Brito,  Miguel Arcangelo.

At. Riachense:

João Mação, Milu (Pedro Abelho) Edgar, Miguel Pires, Diogo Madeira (cap.) , Cláudio, João Bruno, João Dias, João Rosa, João Sá, David Martins.

Treinador. Tó Miranda

Suplente. Gonçalo Mendes

Golos. 18gp e 84 min Wemerson, 30 min Nuno Rodrigues, 44 min Christian Pedroso

*Jorge Duarte – parceria Rádio Herz/mediotejo.net

Jorge Duarte

Irreverente, frontal e critico. Nasceu em Abrantes no melhor ano do
século passado: 1969, ano em que o Homem foi à Lua. Nos tempos de liceu queria ser jornalista, tendo optado por essa área, onde pela mão do Prof. Alcino Serras deu os primeiros passos na profissão, tendo começado mais a sério na Radio Antena Livre, no final da década de 80. Desde essa altura, o 'bichinho' ficou, tendo colaborado com várias rádios e jornais. Gosta de colecionar amigos e de se dar bem com toda a gente (mesmo sabendo que isso não é possível).

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.