O Parque Desportivo Municipal da Atalaia recebeu a primeira jornada da fase de apuramento de campeão da 2º Divisão Distrital de Santarém, com o Atalaiense a receber a equipa do concelho de Salvaterra de Magos, o SCD Glória. Os visitantes venceram por 1-2, em jogo em que o guarda–redes dos visitantes, André Encarnado, esteve em grande destaque.

Estamos na fase mais aguardada no que diz respeito ao futebol da II divisão distrital de Santarém, pois o apuramento de campeão dita a passagem para a divisão principal do distrito. Na jornada inaugural, os “panteras negras” receberam o Glória num jogo em que podemos considerar bastante equilibrado com grandes chances de golo para cada lado.

As bancadas começavam a compor-se muito antes do apito inicial e esperava-se um bom ambiente de futebol.

Entrada das duas equipas em campo

Em respeito ao jogo em si, ambas as equipas apresentaram o 4x3x3 tradicional, tendo o Atalaiense alterado um pouco o seu onze inicial. Dani, que foi bastante utilizado nesta temporada, ficou no banco de suplentes, e o ponta–de–lança David foi a escolha para o ataque dos axadrezados. O SCD Glória apresentou uma equipa bastante nova que dá boas indicações para o futuro, e isso foi a “arma secreta” para esta partida.

Nos primeiros 20 minutos de jogo, os homens da casa até tinham mais posse de bola, mas a sua última construção na fase ofensiva denotava dificuldades. Não esquecer que o SCD Glória é, das seis equipas presentes nesta fase final, um dos conjuntos com menos golos sofridos. E foi através de lances de bola parada que as grandes oportunidades de golo surgiram, tendo a equipa da casa aproveitado para abrir o marcador num desses lances.

Aos 10 minutos, Cadete “bateu” o guarda-redes André com um excelente remate de livre direto sobre a esquerda, colocando o Atalaiense em vantagem no marcador.

Rui Póvoas, jogador do SCD Glória, foi substituído prematuramente, devido a problemas musculares. Para o seu lugar entrou Ricardo Ferreira.

Os “panteras negras” quase chegavam ao segundo golo, novamente através de um lance de bola parada. Num pontapé de canto, José Mendes desvia a bola para a baliza, mas esta embate no poste direito, causando calafrios à equipa do Glória do Ribatejo.

José Mendes estava com a “corda toda” e depois de enviar a bola ao poste, ainda conseguiu colocar a redondinha dentro da baliza, mas viu o seu golo ser anulado por fora-de-jogo. Lance sem contestação.

Perto do final do primeiro tempo, o SCD Glória até conseguiu equilibrar um pouco, chegando mais perto da grande área adversária mas sem criar grande perigo na baliza de Filipe Graça.

Inicio da partida, frente a frente, UD Atalaiense e SCD Glória

André Encarnado, guarda-redes do Glória do Ribatejo, esteve à altura em três ocasiões de golo flagrantes, a primeira das quais através de uma grande jogada individual de José Mendes, a ‘rasgar’ a desmarcação de David, mas este, isolado, rematou à figura do guarda-redes, bem posicionado.

A segunda oportunidade foi através de um pontapé de canto. O esférico “caí” mesmo à frente do ponta-de-lança e na linha de golo, André fez uma defesa extraordinária.

O último lance do primeiro tempo foi marcado por uma grande penalidade a favor dos visitados mas David viu a bola a ser defendida por André Encarnado, tendo a exibição do guardião do Glória inspirado a sua equipa para os segundos 45 minutos.

Na segunda parte o SCD Glória entrou bem melhor e a explorar mais os corredores, quer no lado direito, quer no esquerdo, à procura da profundidade e da velocidade dos seus jogadores. A subida das suas linhas defensivas possibilitou terem mais posse de bola e criarem mais lances de perigo.

Grande penalidade, defendida por André Encarnado.

E foi com um Glória mais atrevido que o golo do empate apareceu. Gelson Sanches, com um remate cruzado fora-de-área sobre o lado esquerdo, não deu qualquer hipótese de defesa.

O Atalaiense não esperava esta resposta e reposicionamento tático da equipa adversária e denotou dificuldades em sair para o ataque, realizando um excesso de passes transviados devido à  pressão exercida pelos jogadores do Glória.

O técnico da Atalaiense queria impor mais velocidade no jogo e colocou Artur no lugar de Ivo, tendo refrescaso a sua defesa com a entrada de João Lopes para a saída de Cadete.

Foto: mediotejo.net

Mas o futebol tem destas coisas e Filipe Graça realizou um momento caricato que colocou a sua equipa em desvantagem no marcador. Realizou uma defesa incompleta deixando a redondinha a passar por baixo das pernas e o avançado do Glória só teve que encostar para o fundo das redes. Assim os visitantes estavam pela primeira vez à frente do resultado.

Para mudar os acontecimentos, o treinador João Paulo colocou Danny, para a saída de Diogo Cartaxo. Jogando então num 4x4x2, apostando tudo, para tentar conseguir levar pelo menos um empate. Mas sem eficácia ofensiva, o Atalaiense perdia assim os seus primeiros pontos nesta fase de Apuramento de Campeão.

Foto: mediotejo.net

Foi um jogo com duas partes bem distintas e a eficácia juntamente com a velocidade, foram a peça chave para o SCD Glória chegar à vitória.

A arbitragem esteve praticamente bem em todos os lances. Nada a apontar.

Na próxima jornada, que decorrerá no dia 29 de abril, a UD Atalaiense visita o Rio Maior, enquanto o SCD Glória recebe em casa o Tramagal SU.

Foto:mediotejo.net

Onze Iniciais:

UD Atalaiense: Filipe Graça, Diogo Alfaro, Miranda, Pedro Silva, Alcarraio, Sérgio, Diogo Cartaxo (Danny), Cadete (João Lopes), Ivo (Artur), José Mendes, David. Suplentes não utilizados: Rafa, Matias, Tiago Pimentel, Bruno Melo.

Treinador: João Paulo

SCD Glória: André Encarnado, Valderino Sá (Marcelo Batista), Daniel Silva, Miguel Ferreira, José Silvestre, Jorge Saraiva (Paulo Oliveira), Nuno (Fábio Monteiro), André Monteiro, Rui Póvoas (Ricardo Caneira), António Nunes, Gelson Sanches. Suplentes não utilizados: Fábio Monteiro, Rúben Rodrigues, Filipe Gaspar.

Treinador: Rogério Fernando

 Equipa da Arbitragem: Mário Vieira, Miguel Marques, Ricardo Ramos

Entrevista com os dois técnicos:

Treinador do UD Atalaiense:

Treinador do SCD Glória:

Tiago Soares

É no futebol que Tiago Soares exprime todas as suas emoções e paixão pelo desporto-rei, vertente cujos estudos teóricos aprofunda na ESTA. Aos 24 anos, assume a ambição de abraçar uma carreira profissional no jornalismo desportivo, transcrevendo no mediotejo.net as histórias e alegrias que o desporto abraça.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.