Foto: ALTERNATIVAcom

Esta iniciativa, que será uma estreia, é aberta ao público mas com lugares limitados, e terá lugar na antiga Escola Básica de São Facundo com o lema “Política, Democracia e Desenvolvimento”, servindo “a partilha de perspetivas e pontos de vista” sobre a temática.

Vasco Damas, líder do movimento ALTERNATIVAcom. Créditos: DR

O fórum será presidido por Vasco Damas, líder do Movimento ALTERNATIVAcom e convidará ao debate e reflexão entre os membros do Movimento ALTERNATIVAcom, representantes das forças políticas de Abrantes convidados e também contando com o orador Luís De Sousa, académico e investigador no domínio das políticas públicas anticorrupção.

Realça o movimento, em comunicado de imprensa, que Luís De Sousa é investigador auxiliar do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa. Doutorou-se em Ciências Sociais e Políticas pelo Instituto Universitário Europeu de Florença em Julho 2002, com uma tese sobre políticas públicas de combate à corrupção.

Luís de Sousa, investigador, será orador convidado nesta iniciativa. Foto: DR

Além disso, foi Professor Auxiliar de Ciência Política da Universidade de Aveiro e investigador convidado do Edmond J. Safra Network da Universidade de Harvard.

Desempenhou funções de investigação no CIES-ISCTE/IUL, Australian National University, Robert Schuman Centre for Advanced Studies of the European University Institute, Quality of Government Institute da Universidade de Gotemburgo, Universidade de Sofia e Universidade de Bucareste.

Atualmente, o orador convidado é coordenador responsável da rede de investigação sobre agências anticorrupção (ANCORAGE-NET) e membro fundador e antigo presidente da Transparência e Integridade – Associação Cívica (TIAC), representação portuguesa da Transparency International. É consultor internacional e investigador correspondente da Comissão Europeia sobre políticas públicas de combate à corrupção, assinando várias publicações em revistas internacionais neste domínio.

Joana Rita Santos

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *