reunião de câmara de 3 de agosto de 2020 Foto: mediotejo.net
O executivo municipal de Alcanena aprovou por unanimidade, seguido de um minuto de silêncio, um voto de pesar e reconhecimento em homenagem a Jocelino Godinho Ribeiro, falecido a 22 de julho de 2020, aos 87 anos de idade, autarca de Vila Moreira.
Jocelino Godinho Ribeiro nasceu em Vila Moreira, a 3 de junho de 1933, no seio de uma família republicana. “Defensor da Liberdade em todas as suas formas de expressão, ainda no pré 25 de Abril, participou em diversas ações anti-ditadura, nomeadamente, no Congresso de Aveiro, em 1973, e na Sessão de Esclarecimento, em Castelo Branco, no ano seguinte”, refere o texto do voto de pesar.
Jocelino Godinho Ribeiro Foto: D.R.
“No âmbito político, e já no pós 25 de Abril, foi sempre figura ativa na comissão organizadora local, tendo participado em diversos eventos comemorativos e em sessões de esclarecimento que se realizaram ao longo dos anos, em Vila Moreira, sendo defensor acérrimo dos ideais que professava”, continua.
Jocelino Godinho Ribeiro foi presidente da junta de Vila Moreia entre 1992 e 1993 e entre 1994 e 1997, sempre eleito em representação do Partido Socialista, “partido que respeitou até morrer”. Esteve ainda ligado ao associativismo, nomeadamente no Centro Recreativo e Desportivo Moreirense, da Associação Cultural Vilamor e de várias Comissões dos Festejos Cívicos de Vila Moreira, envolvendo-se ainda em várias atividades da freguesia e do concelho.
“Jocelino Godinho Ribeiro, homem de afetos, ideais e valores, respeitava todos com quem se relacionava. O seu legado permanecerá em todas as pessoas que em algum dia se cruzaram no seu caminho”, conclui.

Cláudia Gameiro

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.