Restaurante Olhos de Água, Alcanena

Questionada sobre as medidas de prevenção para a época balnear que se aproxima durante a reunião camarária de 18 de maio, segunda-feira, a presidente da Câmara de Alcanena, Fernanda Asseiceira (PS), adiantou que o restaurante dos Olhos de Água decidiu terminar o contrato de concessão, pelo que já não voltará a abrir tão depressa. Decidiu-se também encerrar o parque de campismo. Ambas as estruturas serão alvo de um novo concurso de concessão, em conjunto.

O tema foi levantado pelo vereador dos Cidadãos por Alcanena, Gabriel de Oliveira Feitor, questionando sobre o que tenciona o município fazer relativamente aos equipamentos balneares devido às medidas de prevenção da pandemia de Covid-19.

Fernanda Asseiceira começou por referir que a Câmara Municipal tem procurado seguir as orientação da Direção-geral de Saúde e do Governo, sendo que na segunda-feira ainda não havia indicações para piscinas, pistas cobertas ou mesmo praias fluviais. No entanto, refletiu a autarca, há algumas medidas tranversais, pelo que se poderá esperar um acesso condicionado a estas estruturas e a utilização de máscara.

No que toca à praia fluvial dos Olhos de Água, a presidente adiantou que o restaurante local decidiu terminar o contrato de concessão, estando o acordo a ser finalizado. Uma nova hasta pública, porém, não estará concluída durante o período de verão.

De igual modo, a autarquia decidiu encerrar o parque de campismo. Fernanda Asseiceira explicou que tendo em conta a pouca afluência e alguns problemas de segurança gerados noutras ocasiões, será preferível manter o equipamento fechado. A ideia, adiantou, é que se abra uma nova concessão que inclua restaurante, parque de campismo e animação da praia fluvial.

O executivo municipal reuniu mais uma vez por videoconferência, tendo o mediotejo.net participado como observador.

Cláudia Gameiro

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.